20 de out de 2012

Capítulo 19 - O quê?! (Belle)

"Só temos uma vida para viver
E não temos tempo para esperar"
Demi Lovato, "Give Your Heart a Break"

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*
      Passou-se um mês. E nesse um mês muita coisa aconteceu. A Carol acabou descobrindo sobre os lobisomens, ou melhor, Seth contou pra ela...

*-Flashback-*

      Eu estava no meu armário, quando fui derrubada no chão pela Carol! ¬¬' Meu Deus, ela tá agitada, o que será que aconteceu? Nos levantamos e ela disse:

      - Belle, você não vai acreditar no que eu descobri ontem.
      - O quê? Me conta que eu to curiosa! - eu disse.
      - Eu vou te contar, mas não conta pra ninguém, tá?
      - Tá!
      - O Seth é lobisomem! - ela sussurrou.
      - Eu já sabia! - eu sussurrei de volta.
      - Sério?! - ela disse com os olhos arregalados de surpresa. (O.O)
      - Hurum... e não é só ele, a Isa também é. São todos que tem aquela tatuagem que ele tem no ombro direito.
      - Sério?! - ela disse como se dissesse "Conte-me mais!"

      Nesse momento Isa estava passando no corredor, eu a chamei, ela veio e disse:

      - Que foi? - ela ainda estava um pouco depressiva.
      - Levanta sua manga direita. - eu disse e ela o fez ainda sem entender.
      - Nossa! - disse Carol. - É mesmo!

      Isa baixou a manga e nos olhou com cara de "WTF?!", depois ela deve ter entendido o motivo e me olhou com uma cara de "Você contou pra ela?".

      - Não. O Seth contou. - eu disse.
      - Ah...

*-Off-*

      ... Isa teve imprinting...

*-Flashback-*

      Depois de Carol nos contar como Seth havia dito à ela sobre os lobisomens, eu vi o Alex chegando. Corri em sua direção, depois de pedir licença pras meninas, e o abracei, ele retribuiu e me girou no ar. Me colocou no chão e me deu um beijo na bochecha. Eu o puxei até onde Carol e Isa se encontravam e fui apresentá-lo à Isa.

      - Isa, quero te apresentar alguém. - eu disse, e ela me olhou. - Esse é o Alex, meu primo. Alex, essa é a Isabella.
      - Prazer! - ele disse e estendeu a mão.
      - Ah, o... prazer é... todo... todo meu. - ela disse apertando a mão dele.

      Isa estava com uma cara de... boba apaixonada. Pera, será que é o que eu estou pensando? Pedi licença ao Alex e a Carol e puxei a Isa pro outro lado do corredor antes que ela caísse.

      - Isa, você teve imprinting, não foi? - eu perguntei, em português.
      - Aham... - ela "disse", ainda com uma cara de apaixonada.

      Eu estava feliz por ela, finalmente ela não ia mais ficar depressiva. Voltamos até onde se encontravam Carol, Alex e, agora, J-Leonard. Você deve estar se perguntando: onde estão Camila e Justin? Bom, hoje é um dos poucos dias que faz sol em Forks e vampiros não podem aparecer no sol, pois se não todos saberiam que eles são diferentes. Acho que Isa comemorava em silêncio a "não presença de Justin. Sem falar que agora eu e Jake não vamos mais precisar gastar dinheiro em sorvete pra Isa, porque agora ela está feliz.

*-Off-*

      ... J-Leonard e Camila se beijaram e já começaram a namorar...

*-Flashback-*

      Estávamos todos no pátio quando J-Leonard e Camila vem em nossa direção de mãos dadas, eles já estavam saindo faz um tempo, só que dessa vez eles estavam mais juntos.

      - Oi, pessoal! - eles disseram.
      - Oi! - todos dissemos.
      - Temos uma coisa para contar pra vocês. - disse J-Leonard, atiçando a curiosidade de todos.
      - Nós agora estamos oficialmente namorando! - disse Camila.

      Nós comemoramos o dia inteiro. Fomos num restaurante e num parque, depois da aula, enfim, foi um dia de comemoração, só à noite que deixamos o mais novo casal sozinho.

*-Off-*

      ... e eu e Justin começamos a passar mais tempo juntos. Já fomos em restaurantes para almoçar e jantar, já andamos pela floresta juntos, "apostamos corrida". Como sempre fazíamos no Brasil.

**

      Hoje eu e Alex decidimos ir em uma balada que vai ter somente hoje num espaço que geralmente é reservado para bailes de formatura. Me arrumei e desci as escadas. Alex já me esperava na sala. Charlie ia chegar tarde ou talvez nem viesse hoje, porque ainda haviam mortes em Seattle, a cidade perto de Forks.
      Tranquei a porta, entrei na Range Rover de Alex e lá fomos nós em direção à balada. Eu chamei os outros pra vir, mas eles não podiam. Isa tinha um vampiro pra caçar; Cami (como passei a chamar Camila) e J-Leonard sairam juntos; Justin está no Canadá caçando; Jaxon saiu com Leah e Carol com Seth.
      Chegamos, ele estacionou o carro e logo nós entramos na balada. Fomos direto pra pista de dança e ficamos dançando por um bom tempo. Depois que cansamos, nos sentamos numa mesa e bebemos refrigerante, ele estava com um gosto diferente, mas estava tão bom que devo ter tomado uns dez copos e o Alex também. Senti um vento e depois não me lembro de mais nada.

**

      Acordei com uma baita dor de cabeça. Eu ainda estava com o vestido de ontem. Olhei para o lado e vi Alex dormindo com a mesma roupa de ontem. Ouvi um barulho e olhei pra janela, Bella estava com uma cara nada boa. O que eu fiz agora?

      - Precisamos conversar. - disse Bella.
      - Pode ser lá em baixo? O Alex tá dormindo aqui. - eu sussurrei.
      - Tá. Troque de roupa e venha logo.

      Bella desapareceu. Troquei de roupa no banheiro, tomei um remédio pra dor de cabeça e desci as escadas. Hoje era sábado. Se Charlie voltou ontem, ele já saiu pra trabalhar. Fui até a sala e Bella estava sentada no sofá. "Lá vem bomba!", pensei, pois seu olhar não era dos melhores. Me sentei no sofá com as pernas cruzadas e ela começou:

      - O que deu em você ontem?
      - Como assim, Bella? - eu perguntei. - Eu só fui numa balada com meu primo.
      - Ele é seu primo?
      - Sim, por parte de mãe, por que?
      - Isso estava em sua bolsa. - ela disse, meio assustada e me entregando uns papéis. Papéis não, fotos.

      Eu olhei e arregalei os olhos. Meu Deus, o que eu fiz ontem? E não me lembro de ter feito nada disso. Havia uma foto minha dançando sensualmente no palco, uma minha dançando em cima de uma mesa com vários rapazes em volta e uma por fim que eu desejava muito não ter feito.

      - OMG! Não acredito que eu fiz isso! - eu disse. - A Isa vai me matar!
      - Bom, eu já vou te matar, mas por que a Isa também? - perguntou Bella.
      - Porque ela teve imprinting com ele! - eu disse. - Ela vai arrancar a minha cabeça fora.
      - E não é só ela não. - disse Bella. Tá agora to ficando com medo dela.

      O motivo da Isa querer me matar? Simples, na balada ontem eu e Alex nos beijamos, e ele ainda por cima estava com a mão em minha bunda. ¬¬' Mas por que eu fiz isso?

      - Por que eu fiz isso? - eu perguntei.
      - Porque você estava bêbada. - respondeu Bella.
      - Mas eu só bebi refrigerante.
      - Então alguém colocou alguma coisa na sua bebida, mas nós não identificamos quem é.
      - Como assim, nós? Vocês foram lá? Mas como sabiam que eu estaria lá?
      - Quando você ficou bêbada, Alice pode ver seu futuro e meio que previu o que você faria, então nós fomos atrás de você para te impedir de beber, mas já era tarde, então só ficamos de olho em você e quando você ia passar dos limites te pegamos e te trouxemos pra cá com seu primo.
      - A Isa vai LITERALMENTE me matar. - eu disse.
      - Por que ela faria isso? - perguntou Alex, entrando na sala.
      - Por causa disso. - mostrei as fotos pra ele.

      Ele arregalou os olhos e se sentou no sofá com a mão na cabeça. Acho que Bella não estava mais zangada comigo. Olhei para ela e ela disse apenas movendo os lábios: "Havia um outro vampiro na balada, que passou muitas vezes do seu lado". Quem será?

      - Não acredito que fiz isso. - disse o Alex. - Logo agora que eu estava gostando dela.
      - Pera aí. De quem você tá falando? - perguntei.
      - Da Isa.
      - É só nenhum de nós contar nada a ninguém. Você também, Bella.
      - Eu prometo. - disse Bella.
      - Eu prometo. - dissemos Alex e eu ao mesmo tempo.

      Depois disso, eles foram embora e eu rasguei e taquei fogo naquelas fotos.



Continua...








Hey, babies!!!! 
O que estão achando da #IB, ein??? Espero que estejam gostando!! =D
AAAAAAAAAAAAAH!!!! O Justin e o Ryan me responderam no ask!!! =O e a Jessica Alba também!!! *-*
CONTINUO COM 3 COMENTÁRIOS!
Beijos!!! =*
Amu vuxês!!! <3
@ClaraVeras

15 de out de 2012

Capítulo 18 - Testando RADICALMENTE o meu controle (Camila)

"Você será a resposta, quando alguém me perguntar no que estou pensando"
Anônimo (Tumblr)

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

     Eu já havia conversado muitas vezes com o Jay, eu posso dizer que estou ficando cada vez mais apaixonada por ele. Sinceramente? Eu achava que vampiros não podiam ter sentimentos, até conhecer os Cullen. Enfim, agora só falta ele me chamar pra sair.
     Novamente estou na aula de Biologia. Jay não para de me olhar, o que me deixa um pouco constrangida. Enquanto fazíamos os exercícios, ele continua me olhando. Eu já estava com um pouco de raiva, mas eu me controlei e perguntei, apenas:

     - Perdeu alguma coisa?
     - Ãhm?! - ele perguntou, confuso, e eu ri.
     - O que tanto você olha em mim? Parece que perdeu alguma coisa.
     - Ahm... eu gostaria de te pedir uma coisa.
     - Pode pedir. - eu disse e me virei, para que eu pudesse olhá-lo nos olhos.
     - Você... quer... sair... comigo? - ele perguntou, nervoso.
     - Claro! - eu disse, eu estava esperando por isso faz um bom tempo. - Quando?
     - Hoje à noite, no parque, tudo bem?
     - Ok!

     O sinal bateu, arrumamos nossas coisas e fomos encontrar os outros. Eu puxei Belle e Carol pro banheiro e contei à elas que o Jay tinha me chamado pra sair. Nós três começamos a comemorar e digamos que eu quase quebrei o espelho do banheiro. Eu sei que eu tenho meus reflexos de vampira, mas com a Carol ali eu não podia usá-los.

**

     Estou quase pronta para sair com o Jay. Alice e Belle estão me arrumando, vestindo, maquiando e por aí. Alice ia bem rápido e Belle tentava acompanhá-la. Finalmente, eu estava pronta. Belle trouxe um espelho grande e eu pude ver como eu estava. Meus cabelos estavam soltos, presos apenas por um headband, meus cachos caiam em meus ombros. Minha maquiagem era simples, mas ressaltava meus lábios e meus olhos, agora dourados. Meu vestido era bege e tinha uma faixa preta, ele era simples e do jeito que eu gosto, acho que Belle o escolheu, porque se fosse pela Alice eu usaria o mais estravagante possível. Eu gostei do meu vestido, ele sobressaltava um pouco a minha pele branca. Eu podia dizer que nem me reconhecia. Eu agradeci à Belle e à Alice e, quando eu ia sair, Belle me disse que me deixaria no parque, pois ela tinha que ir pra casa.
     Entramos em seu carro e fomos na direção do parque. Assim que chegamos eu desci do carro, Belle me desejou boa sorte, piscou pra mim e depois foi embora. Eu entrei no parque e logo senti mãos quentes me abraçarem por trás.

     - Oi, Mila! - disse Jay.
     - Oi, Jay! - eu disse e me soltei dele.

     Demos as mãos e andamos até uma colina. Nos deitamos na grama e ele me puxou para junto dele. Era estranho que ele não se importasse com meu toque frio. Ele começou a fazer carinho em mim, se eu pudesse dormir garanto que estaria quase o fazendo, e eu dormiria feliz. Sentir seu cheiro era tão bom, delicioso... Pera, Camila, você tem que se controlar! Me controlei novamente e respirei fundo. Nada! Jay, então, disse:

     - Eu sei sobre você.
     - Como assim? - perguntei, levantando a cabeça para olhá-lo.
     - Eu sei o que você é. - ele disse.
     - Então sabe que sou perigosa. - eu disse, me sentando e abaixando a cabeça.
     - Sei que você pode ser perigosa, mas não é. Seus olhos são dourados e não vermelhos. - ele disse se sentando e levantando minha cabeça. - Eu descobri tudo sobre vocês e sei que nem você, nem o Justin ou aquela família que estava na festa da Belle são digamos... vampiros comuns.
     - É, nós nos consideramos "vegetarianos", nos alimentamos somente de sangue animal. Por isso nossos olhos são dourados.
     - Antes de você ser vampira, que cor eram seus olhos?
     - Castanho-chocolate, com os da Belle. Eu olho pra ela e me lembro da cor que meus olhos tinham. - eu disse.
     - Eu gosto dessa cor dos seus olhos. - ele disse e eu sorri.

     Ele acariciou meu rosto, depois colocou a mão em minha nuca me puxando para mais perto dele, nossas "respirações" já se confundiam, estávamos a um centímetro até que por fim eu senti seus lábios nos meus. Meus braços envolveram seu pescoço e suas mãos vieram à minha cintura. Meu primeiro beijo. Eu estava a ponto de me descontrolar. Eu queria mais, só que se eu o beijasse ainda mais eu perderia o controle, terminei o beijo com dois selinhos e abaixei a cabeça.

     - Me desculpe, eu queria... - começou Jay.
     - Não tem que se desculpar. - eu o interrompi.
     - Então, por que abaixou a cabeça?
     - Porque eu não posso me descontrolar com você. Não quero te machucar. - olhei pra ele.
     - Ah!

     Nós nos deitamos novamente e ficamos olhando as estrelas, seu braço passava por trás de minhas costas, me abraçando junto à ele, e sua mão ia deslizando de um lado para o outro e, então, percebi que ele estava pensativo. Pelo tempo que o conheci, eu sei como ele fica quando está assim. Eu me virei pra ele e disse:

     - Em que tanto pensa, Jay?
     - Em vampiros. - ele disse. - Sempre que faz sol você e o Justin não vão pra aula. Não to pensando que vocês estão juntos, porque eu sei de quem ele gosta, mas quero saber porquê.
     - Bom, nós meio que brilhamos no sol. Aí, qualquer um saberia o que somos.
     - Ah!
     Voltamos a olhar as estrelas e ficamos assim, juntinhos por um longo tempo.




Continua...




E aí, pessoas lindas do meu coração???? Como vocês estão?? Pronto!! Postei!!! =D
E ai, estão gostando??? Quero saber as opiniões de vocês, viu??
E olha, eu queria saber o seguinte: O que vocês estão achando da atitude das personagens? Assim: Estão com pena da Isa, por ela estar sofrendo por um amor? Estão anciosos para saber de quem o Justin gosta? O que acham desse romance entre Mila e Jay??
Bom, se quiserem respondam à essas perguntas nos seus comentários!! ;)
Respondi aos comentários lá no cap. anterior! =)
CONTINUA COM 4 COMENTÁRIOS!
Beijinhos, gatinhas!!! E comentem na #IB da Beeelle Passarelli também, viu??
@ClaraVeras

8 de out de 2012

Capítulo 17 - Reencontro (Belle)

"Meu amor por ti é grande, Apesar de tão pouco falarmos, Um com o outro,
Meu coração bate forte, Sempre que te vejo"
Clara Cavalcante

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

      Outro mês já se passou. Carol e Seth são oficialmente namorados, me doeu um pouco no início, mas agora eu estou feliz por eles. Se eu arrumei alguém? Ainda não. Mas posso dizer que o que sempre senti por Justin está voltando. Camila e Jordan estão numa fase "fica ou não fica", mas acho que eles vão ficar juntos no final. Jaxon já conheceu Leah, e eles até já saíram algumas vezes. Isa não se sente bem há dias e eu já não sei mais como fazê-la se animar. Ela até faltou hoje. Jake disse que ela queria ficar trancada no quarto. Tenho pena dela.
      Carol me disse que vai ter um novato hoje. Mais um. Eu disse à ela que fosse buscá-lo na secretaria, porque eu tinha que passar no meu armário. Depois de ir no meu armário, eu vi a Carol vindo em minha direção com o tal novato. Eu o encarei um pouco e pude reconhecê-lo. Meu Deus, nem dá pra acreditar! Carol já ia apresentá-lo, quando eu perguntei:

      - Alex?

      Ele me olhou um pouco confuso, mas depois ficou foi surpreso ao me reconhecer. 

      - Belle? - ele arriscou.
      - Não acredito! - eu disse o abraçando, e ele me girou no ar.
      - Meu Deus, - ele disse, me colocou e me girou. - você está linda! Ficou mais bonita!
      - Você também ficou mais bonito! - eu disse e ri logo depois. 

      Eu olhei pra Carol e ela estava com uma interrogação enorme no rosto, ou seja, ela não estava entendendo nada, e acho que você também não. Eu puxei Alex pelo braço e disse:

      - Carol, esse é Alex Masters, meu primo por parte de mãe
      - Ah! Agora faz sentido porque vocês dois se conhecem. - ela disse.

      Eu ainda estou um pouco chocada. Meu primo está tão bonito! Porque, vou te contar, ele era feio quando éramos crianças. E agora ele está um "deus grego", digamos assim. Eu ajudei Carol o guiando pela escola e depois o apresentei pro pessoal. Ele logo se tornou amigo de todos.
      O sinal bateu e todos fomos pra nossas salas. O horário do Alex era quase igual ao meu, tirando a aula de Química que ele teria amanhã no mesmo horário que a Isa, o Jaxon e o Justin.
      No recreio, ficamos todos juntos, conversamos e rimos bastante. Alex se enturmou muito bem. Estávamos conversando sobre as provas que seriam no próximo mês, quando Alex me perguntou:

      - Belle, e como vai sua mãe?

      Aquela pergunta me pegou de surpresa. Então ele não sabia o que acontecera?

      - Você não soube? - eu perguntei, surpresa.
      - Não, o que? - ele perguntou, agora um pouco preocupado.

      Eu não consegui dizer mais nada. Algumas lágrimas brotaram de meus olhos. Eu abaixei a cabeça, pensar na morte de minha mãe me deixava triste. Ouvi em meus pensamentos a palavra "culpada" novamente.

      - Minha mãe... morreu num... acidente de carro. - eu disse e senti alguém me abraçar.
      - Desculpa, Belle! Eu não sabia. Eu estava na Espanha e quando voltei pra casa, meu pai me mandou pra cá. - disse o Alex. Sim, ele que me abraçou.
      - Por que veio pra cá? - perguntei.
      - Porque eu tenho que cuidar de você! - ele disse. - Se lembra da minha promessa?
      - Lembro sim! - eu disse e sorri. - Como sabia que eu estudava aqui?
      - Não sabia, acabei me esbarrando com você por aqui. - ele disse e sorriu.

      O resto do dia foi normal.



Continua...






Yey!!!! Oi bbs, como vocês estão???? Eu estou muito bem!!! ^-^
Tá ai mais um capitulo pra vcs!!!! =D Bom, como a Beeelle disse, ela viajou e só vai postar quando voltar, então eu peço para que encham o cap. 3 de One love de comentários para deixarem ela BEEEM FELIZ!!!! =DDD
Bom, respondi os comentários de vcs no cap. anterior! Se vcs comentarem hj, se der eu ainda posto!! ;)
CONTINUA COM 3 COMENTÁRIOS!!
Beijos!!
@ClaraVeras

7 de out de 2012

Aviso

Tumblr_m6oeziazql1qi9acuo1_500_large
OOi amores
Aqui é a Belle, eu queria avisar que hoje eu vou viajar hoje de madrugada, então não vai dar postar aqui no blog, por que tenho que arrumar minha mala e comparar mais uns negócios, vou ficar uma semana fora, pois é minha viagem de formatura.
Bom espero que entendam, se der pra postar hoje eu posto, se não só quando eu volta mesmo.
Beijos

6 de out de 2012

Capítulo 16 - Cinema desastroso (Belle)

"Amizade: palavra na qual todos estão incluídos."
Clara Cavalcante

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

      Eu estava indo pra casa da Isa, tentar fazer com que ela saia um pouco. Vou arrastá-la até o cinema. Cheguei, bati na porta e quem atendeu foi Billy, ele disse que Isa estava no quarto com Jake, porque ele foi ver como ela estava. Eu fui na direção do quarto dela, abri a porta e vi a Isa abraçada ao Jake e ele com uma cara de "O que eu faço agora?", eu me aproximei um pouco e Jake separou o abraço de Isa.

      - Isa, a Belle tá aqui, ela vai saber te ajudar! - ele disse.

      Isa assim que me viu me abraçou. Senti lágrimas rolarem por seu rosto e molharem um pouco minha roupa, mas eu não me importei.

      - Isa, olha pra mim. - eu disse e ela me olhou. - Lava esse rosto e troca de roupa que nós vamos sair.
      - Eu não vou sair! - ela disse.
      - Isa, vai! Vai ser melhor pra você! - disse Jake.
      - Tá bom, eu vou! - ela disse.

      Ela entrou no banheiro e Jake e eu fomos pra sala. Isa saiu do quarto já pronta. Entramos no meu carro e fomos em direção ao cinema. Chegando lá, Isa me disse que ia ao banheiro e eu fiquei esperando por ela na frente do cinema "quando duas mãos frias cobriram meus olhos.

      - Bu! Oi, Belle, o que faz aqui? - me perguntou Justin.
      - Vou ver um filme, quer vir? - eu disse.

      Mal sabia eu que, por causa disso, a noite ia ser horrível... enfim. Pude ver a Isa com aquela cara de "eu não ligo pra mais nada" indo na direção do cinema me procurar. Chegamos lá e ela logo olhou com aquela cara de ódio pra ele, e ele pra ela.

      - Ok, ok, - eu disse. - Chega, a gente veio se divertir, lembram?

      Isa bufou e foi para a fila da bilheteria.

      - Se vocês pudessem parar de se chingar pela mente eu agradeceria. - eu disse.

      Justin revirou os olhos e a Isa voltou com os ingressos. Entramos na sala e sentamos Isa, eu e Justin, respectivamente. 

**

      O filme já estava na metade e eu reparei que era a única que estava rindo e se divertindo. Olhei para o lado, Justin estava com cara de ódio e os braços cruzados e do meu outro lado estava a Isa com as mãos tapando o nariz e grunindo baixinho.
      'Isso não vai dar certo', pensei e, assim que o fiz, os dois se levantaram e gritaram um pro outro:

      - EU NÃO TE SUPORTO!! - e saiu um pra cada lado batendo os pés.
      - Ahm, ok, eu vou terminar aqui e encontro vocês lá fora. - falei, sozinha.

      O pior é que a sala inteira estava me olhando com uma cara de 'cala a boca!'."*  Me levantei e saí da sala de cinema, fui até o hall de entrada e os dois estavam à caminho da saída.

      - ISABELLA CONTE E JUSTIN BIEBER! - eu gritei, eles pararam e me olharam, um pouco surpresos. - Vocês dois me fizeram pagar um mico no cinema, eu ainda por cima levei a culpa! EU! Por que vocês não conseguem conviver juntos? Os Cullen e o Jacob e o Seth convivem em total harmonia. Por que vocês não podem? - eu disse com raiva, olhei pra eles e eles me olhavam, mas estavam fazendo o quê? Se chingando por pensamento. Eu explodi: - PAREM COM ISSO! - eles desviaram a atenção pra mim, mas depois voltaram a se chingar. - Quer saber, eu vou embora!

      Saí dali, entrei em meu carro e fui pra casa. Havia um carro na frente da casa de Charlie, mas eu nem olhei direito. Entrei em casa, subi as escadas, entrei em meu quarto e me joguei na cama com a cara no travesseiro. Lágrimas começaram a sair de meus olhos. Ouvi o barulho da porta do quarto de Charlie se abrindo e fechando logo em seguida. Acho que a visita já deve ter ido embora.
      Ouvi um barulho e olhei em volta, Justin estava ali. A cara um pouco de preocupação. Eu me virei pro travesseiro e pude sentí-lo mais perto.

      - Justin, sai daqui! - eu disse, ainda com a cara no travesseiro, mas eu sabia que ele podia me ouvir.

      Ouvi um barulho dele saindo, mas depois ouvi o mesmo barulho, como se ele tivesse voltado.

      - Justin, já pedi pra sair daqui! - eu disse ainda com o rosto no travesseiro.
      - Não é o Justin! - disse a "pessoa".

      Olhei em volta e pude ser Bella. Ela se sentou ao meu lado na cama, eu me sentei virada pra ela, com o rosto molhado. Bella enxugou minhas lágrimas com suas mãos frias, mas nem me importei. Ela pegou minhas mãos, sim, meu braço já havia melhorado, e disse:

      - Belle, por que você interfere tanto em brigas com lobisomens e vampiros?
      - Porque meus amigos são lobisomens e vampiros. - eu disse.
      - Eu quero que me prometa que não vai mais interferir nessas brigas.
      - Eu não posso! - eu já começara a chorar de novo.
      - Por que?
      - Porque... quando... minha mãe... morreu... eu prometi... sempre proteger... aqueles que eu amo!



Continua...

(* parte entre aspas escrita por Isabella Conte)




Hey, mesninas lindas do meu S2!!!! Como vcs estão??
Aqui um capítulo meio... tenso não é? Mas ainda tem mais pela frente.... haha ><
Bom, espero que continuem lendo e comentando viu??? É MUUUUUITO importante pra mim os comentários de vocês!!
Comentários respondidos no cap. anterior! ;)
CONTINUO COM 3 COMENTÁRIOS!
Bjs!
@ClaraVeras

5 de out de 2012

Capítulo 15 - De novo! (Belle)

"Muito perto pra começar uma guerra"
Adele, "Turning Tables"

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

      Depois de levar a Isa pra sala dela, eu fui em direção à minha. Agora era aula de Desenho e Jaxon era da minha mesma classe. Eu entrei na sala e me sentei ao seu lado, afinal éramos dupla. Percebi que ele havia chorado. Me deu um pouco de pena dele, mas a Isa está pior, porque ela teve que terminar tudo com ele sem ter escolha. Assim que eu me sentei, eu toquei no ombro dele.

      - Quer conversar? - perguntei.
      - Eu a amo, Belle. - ele disse. - Como ela pôde terminar comigo agora? Eu ia pedi-la em namoro hoje.
      - Já pensou que ela tivesse um motivo pra fazer isso?
      - Ela me disse que não aguentava mais as meninas ao meu redor.
      - Às vezes ela só usou isso como desculpa, porque pode haver um motivo maior pra vocês terem terminado.
      - Mas que motivo?
      - Eu não posso te contar, mas sei que em breve você vai saber. Mas nem pergunte pra ela, tá? Ela já está sofrendo muito com tudo isso.
      - Ela está?
      - Sim. Foi difícil pra ela, mas não se preocupe que ela é forte e vai aguentar. Eu vou tentar cuidar dela.
      - Por que tentar?

      Ê boca grande, ein Belle?! Arruma logo uma desculpa pra você tentar cuidar da Isa. Pensa, pensa, pensa. Já sei!

      - Porque ela tá pensando em voltar pro Brasil. - eu disse.
      - Não! Ela não pode voltar pro Brasil. - ele disse. - Eu quero que ela fique. Tem como você a convencer a não ir?
      - Como eu disse: eu vou tentar! Mas não fica bravo com ela, ok?
      - Ok! Quero pelo menos ser amigo dela.

      Eu sorri e ele também. Depois voltamos nossa atenção pra aula.

**

      É tão bom ter amigos que se amam! Principalmente se eles são um vampiro e uma lobisomem e ambos são seus melhores amigos. Eu estava saindo da aula de Inglês e vi Isa saindo da sala de Quimica. Eu fui ao seu encontro e vi que Justin foi falar com ela. Ih, lá vem bomba! Foi o tempo dela explodir e começar a brigar com ele, em português:

      - Olha, eu não sei, só sei que eu não vou pra uma casa cheia de vampiros. - ela disse, quase gritando. Agora eu já me encontrava quase do lado deles.
      - E eu não vou pra uma casa cheia de lobisomens! - disse Justin, no mesmo tom de voz dela.

      E eles começaram a discutir. Eu tenho que respirar fundo pra não matar esses dois. Sabe, eu já devia ter aprendido a não me meter em brigas de lobisomens ou vampiros, mas eu sou teimosa. ¬¬' Eu tenho que tentar separar essa briga. Vamos com calma.

      - Gente, parem de brigar! - eu disse, em português, e foi o mesmo que nada. - Parem! - eu disse e, novamente, nada. - PAREM! - eu, por fim, gritei.

      Os dois se viraram pra mim e disseram ao mesmo tempo: "Eu te odeio!", depois eles olharam surpresos pra minha cara. Eu to aqui, tentando ajudá-los e eles vem me dizer que me odeiam? Tive que segurar muito o choro. Eu não quero chorar na frente de ninguém.

      - Belle, desculpa! Não era pra você, foi porque você chamou minha atenção exatamente na hora que eu ia dizer isso a ele. - disse Isa.
      - Desculpa, Belle, mas foi a mesma coisa. - disse Justin. Ele sabia exatamente como eu me sentia.
      - Desculpo vocês, mas será que dá pra vocês pararem de brigar no meio do corredor? - eu perguntei.
      - Foi ele/ela que começou! - eles disseram ao mesmo tempo e voltaram a discutir.
Eu mereço! ¬¬'

      Eu estava ali, no meio deles, eles no meio do corredor, todos os alunos olhando para eles com cara de "WTF?!". E eu ali sem saber o que fazer. Até que a Isa começou a tremer. Eu sabia o que ela ia fazer. Não! Ela não pode! Corri para me posicionar em sua frente, coloquei meu braço em seu ombro e disse:

      - Isa, aqui não! Aqui não! Não se transforme aqui! - eu estava super preocupada, mas ela começara a se acalmar.
      - Isso Isa, se acalme e não me mate. - disse Justin, sarcástico e olhando feio pra ela.
      - Justin, cala a boca que não tá ajudando! - eu disse e olhei pra Isa que também olhou feio pra ele. Eu sabia o que eles estavam fazendo. - Dá pra parar de se chingarem por pensamento? - eles relaxaram os rostos. - Obrigada!

      O sinal para a última aula bateu e cada um foi pra um lado. A multidão se dispersara. E eu fui na direção da minha sala. Eu tinha aula com a Isa agora e ela era minha dupla. Eu disse pra ela que se ela quisesse poderia ficar fingindo que fazia a atividade, mas ela insistiu em fazê-la.
      Depois de terminarmos, deu a hora de ir embora. Isa estava indo em direção à floresta perto da escola. Corri para alcançá-la e, assim que o fiz, segurei sua mão para que ela se virasse pra mim.

      - Aonde vai? - perguntei.
      - Vou voltar pro Brasil! - ela disse.
      - NÃO! - eu gritei e segurei seu braço, o que fez com que ela me arrastasse um pouco. - Não vai! Por mim, pela Carol, pelo Jaxon! - assim que eu disse "Jaxon", ela parou.
      - Tá bom! - ela disse. - Eu não vou pro Brasil, vou atrás da Leah! - ela disse e logo correu.

      Eu preciso detê-la. Corri até meu carro, entrei numa estrada vazia, que eu usava pra ir da escola até a reserva e acelerei como nunca. Eu estava com medo. Não quero perder mais ninguém na minha vida. Cheguei na reserva ao mesmo tempo que Isa, sai imediatamente do carro e fui ao seu encontro.

      "- Isa, não! Não faz isso! - eu disse, chegando mais perto.
      - Belle, se você não quiser perder outro braço, é melhor ficar aqui! - disse Isa, ela estava séria.
      - Mas...
      - Fica! - ela ordenou.

      Ela se transformou e foi em direção a Leah que estava sentada de costas para ela e nem percebeu a nossa presença. A Isa saltou em cima de Leah e ficou em cima dela, a Leah deu um grito e começou a se debater.

      - Aaah! Isa? Por que está em cima de mim? - ela perguntou.

      Isa rosnou e tentou morder a Leah, que desviou e se transformou. Mas isso não afetava em nada a Isa que partiu pra cima dela dando mordidas enquanto Leah tentava fugir, aparentemente sem machucar a Isa.
      Eu precisava fazer alguma coisa, a Leah já estava nitidamente mais fraca e algumas mordidas que ela levara sangravam. A Isa ia matá-la, até que vi o Sam aparecer.

      - SAAAM, ajuda, por favor! Elas vão se matar! - gritei
      - O que está acontecendo aqui? - ele perguntou.

      Dito isso ele se transformou e se meteu no meio bem na hora em que Isa iria atacar de novo a Leah, que já estava no chão.
      Pelas caras eu sabia que eles estavam "conversando" entre si. Sam devia estar pedindo explicações. Ficaram ali parados por alguns minutos até que Isa rosnou e saiu correndo floresta adentro.
      Sam e Leah se transformaram de volta. Leah estava com algumas marcas de mordidas, mas nenhuma sangrava mais.

      - O que... o que aconteceu? - eu perguntei, um pouco assustada.
      - Ela estava se vingando de mim por causa do Jaxon, disse que ele ia pedir ela em namoro e que eu estraguei tudo. - disse Leah. - E disse mais um monte de coisas que eu não me atrevo a repetir.
      - E eu disse à ela que se ela tentasse se vingar de Leah de novo, eu teria que expulsá-la da matilha. - disse Sam.
      - E pra onde ela foi? - perguntei.
      - Não sei. - disseram os dois ao mesmo tempo.

      Senti pena de Isa. Ela perdeu os pais, o namorado e quase perdeu a matilha. Eu precisava achá-la." * Saí correndo na direção da floresta, com Sam gritando para que eu voltasse, mas eu não vou voltar. Meus amigos vem primeiro, minha própria proteção depois. Eu corri e parei para olhar um caminho para seguir, quando alguns flashbacks inundaram minha cabeça. Eu tentei não pensar nisso, mas era como se alguém tivesse implantando eles em minha mente, haviam vozes dizendo: "Você é a culpada", "Era pra ser você". Por fim, elas pararam e eu voltei a seguir meu caminho.
      Quando menos percebi, eu estava pisando na areia da praia de LaPush. Pude ouvir um choro e o segui até encontrar Isa. Eu me abaixei e a abracei. Ela retribuiu o abraço e depois deitou a cabeça em meu colo. Enquanto ela chorava, eu passava a mão pelos seus cabelos e ficava pensando sobre o que acontecera na floresta.



Continua...


(* parte entre aspas escrita por Isabella Conte)




Oi mesninas lindas do meu coração!!!!!
Como vocês estão, ein meus amore??? Bom, eu estou bem e: estou NAMORANDO!!!! *-*
Bom, hoje eu postei e vou pedir número de comentários. Mesmo se eu já tiver passado o cap. 16 pro meu computador, se não tiver o número de comentários eu não vou postar. Divulguem, comentem... mas por favor, me ajudem. Eu só peço comentários, pra saber se vocês estão realmente gostando da #IB, entenderam?
Ah, e se quiserem que eu avise dos capítulos deixem o twitter de vocês no final de cada comentário...
Respondi aos comentários no cap. anteiror, ok???
CONTINUO COM 3 COMENTÁRIOS!
Beijos! =*
@ClaraVeras