18 de mar de 2013

You'll be in my heart always - Capítulo 6


*Anteriormente* 
      Me olhei no espelho e eu nem me reconheci. Bom, depois de olhar mais um pouco, eu peguei meu celular, abri a porta do quarto e desci as escadas. 


**Justin narrando**
      Eu fui tomar banho no quarto da minha mãe, me vesti assim:

(sei que parece formal, mas é Natal, né gente? ;) )

      Desci as escadas pra esperar os convidados e a Kathy ainda não tinha terminado de se arrumar. A campainha tocou e eu fui atender, era o pessoal. Eu os cumprimentei, eles entraram e depois de pouco tempo a Kathy desceu. Ela estava linda!
(se não gostarem ignorem, quanto ao frio, eles tem aquecedor, ok? )

      Percebi que eu e os meninos estávamos de boca aberta e as meninas correram pra abracá-la.

Cait: Amiga, você tá linda!
Selena: Pois é!
Jasmine: Amei seu vestido!
Kathy: Obrigada, meninas! (olha pra nós) Ei, meninos! Fechem a boca, se não entra mosca! (risos)
Meninos (despertando): Ahm...
Meninas: (rindo)

**Kathy narrando**
      Eu desci as escadas e todos estavam ali. As meninas logo vieram me cumprimentar, mas os meninos, incluindo o Justin, estava parados me olhando com uma cara de bobo e com a boca aberta, só faltaram babar.

Eu: Ei, meninos! Fechem a boca, se não entra mosca! (risos)
Meninos (despertando): Ahm...
Meninas: (rindo)
Meninos: Você está linda, Kathy!
Eu (cora): Obrigada!
Cait: Meninos, parem! Estão deixando a Kathy envergonhada!
Meninos: Foi mal! (se entreolham)
Pattie: Venham meninos! Já vamos comer a ceia!
Todos: Estamos indo.

      E lá fomos nós comer. Nós jantamos e depois ficamos na sala conversando enquanto não dava meia-noite. Eu estava me divertido muito, eles eram muito engraçados, mas ninguém se compara aos meus amigos do Brasil. Faltava 1 minuto pra meia-noite e nada do João me ligar. Acho que ele ia me ligar meia-noite mesmo pra já me desejar Feliz Natal.
      Deu meia-noite e todos nos cumprimentamos com Feliz Natal e essas coisas. Depois que falei com todos eu fiquei conversando um tempinho com eles até meu telefone tocar. Era o João! Pedi licença e fui atender.


*Ligação on* (em português)
Eu (sorrindo): Oi, meu amor!
João: Não vem com essa de "oi, meu amor" pra mim não Katherine!
Eu: Como assim?
João: Você sabe muito bem o que fez.
Eu (meu sorriso se desmanchou): Não, eu não sei do que você tá falando.
João: Já não basta você ter me chifrado com um menino que você conheceu no verão, vai me chifrar também com o Justin Biba?
Eu: Você...
João (interrompendo): É, eu vi a reportagem. Como você pôde?
Eu (chorando): João, deixa eu explicar. O Justin ele é filho da moça que vai me acolher no intercâmbio e...
João: Eu não quero ouvir essa sua desculpa. Sem desculpas Katherine!
Eu (chorando muito): João, me ouve, por favor! Essa história do verão foi um sonho que eu tive e foi espalhado pela escola. É um boato. Eu te...
João (interrompendo de novo): Não vem com "Eu te amo" pra mim. Tá mais que claro que você não me ama. Adeus, Katherine! Até nunca mais. (desliga)
*Ligação off*

      Ele desligou na minha cara. Meu telefone caiu da minha mão e se espatifou em encontro ao chão. Todos olharam pra mim nesse momento. Eu estava em choque. A única coisa que eu consegui fazer foi subir correndo pro meu quarto, ou melhor pro quarto do Justin, e me enfiar num canto perto da janela.
      Eu ouvi passos, mas não me atrevi a olhar quem era. Eu estava apenas olhando a neve cair pela janela, chorando e pensando "Como ele pôde?", até que sinto alguém me abraçar. Não vi quem era, apenas retribui o abraço e comecei a chorar mais. Essa pessoa que estava me abraçando começou a fazer carinho em meus longos cabelos. Foi aí que eu percebi que era...






Quem vocês acham que é?? Rsrsrs, sou má, né? kkk... E aí, o que estão achando da #IB?? Vocês viram, o namorado dela terminou com ela por telefone! Bom, pra mim foi pior, o meu termino comigo por e-mail e foi +- pelo mesmo motivo da personagem (o sonho que se espalhou pela escola como uma verdade). Mas eu já esqueci aquele garoto, dessa vez de verdade, e estou seguindo meu caminho, com pessoas que se importam comigo de verdade, como o Rapha! >.<

Leiam e comentem também:

Respondendo aos comentários das lindas:
lary drew - Bem-vinda, linda! ;) E obrigada! >.< Continuei! ;D
nana !♥! - kkkk sem problemas, linda! ;D E agora eu já postei, então! ;) Espero que goste desse cap! =D
Isabella Conte - kkkkkk até aki vc comenta??? kkkkk Shiiiiiiiiu, não seja spoiler! Ela ainda não apareceu! u.u Continuei gatinha linda do meu S2

CONTINUA COM 3 COMENTÁRIOS!
Beijinhos cobertos de SWAG! =*
@ClaraVeras

16 de mar de 2013

Amor entre vampiros - Capítulo 5

Você: Quem vai começar a me contar tudo.
A Clara e a Renata se olham , e a Clara diz: (Seu nome) a gente não podia contar pra ninguém o que somos , é tipo uma das regras entre bruxas e feiticeiras . Só podíamos contar pra você, quando você descobrisse sozinha, agora que você descobriu podemos contar pra você tudo *você a interrompe*
Você: Porque você sabia que a Renata era uma Bruxa, e a Renata sabia que você era uma feiticeira?
Renata: Porque nós sentimos a presença de outros bruxos ou feiticeiros .
Clara: É (Seu Nome), eu senti que a Renata era uma bruxa e ela sentiu que eu era uma feiticeira.
Você: uhum, vocês sabiam que eu sou *a Clara te interrompe*
Clara: Uma Vampira , sim a gente sabia.
Você: E porque não me contaram?
Renata: Porque você tinha que descobri sozinha, e daqui a pouco você faz 18 e sua transformação vai estar completa.


Vocês continuaram conversando até umas 23h da noite até que o Stefan Ligou pra você.


~~ Ligação on ~~
Stafan: Aonde voce tá mocinha?
Você: Oi pra você também, Stefan
Stefan: para de gracinhas (seu nome) , e diz logo aonde você tá!
Você: O Damon não te falou que eu ia na casa da Clara?
Stefan: Se Ele tivesse falado eu não estava perguntando .
Você: Nossa ta na TPM maninho? *disse rindo*
Stefan: Para com a suas gracinhas dona (seu nome), e venha logo pra casa que já ta muito tarde pra você ta na rua sozinha.
Você: Ok já to indo.
Stefan: Ok E venha rápido.
Você: Stefan eu não sou o flash kkkk, tchau
Stefan: HAHA muito engraçado , tchau e tome cuidado .
Você: Ok.
~~ Ligação off ~~ 


Você: Bom Meninas eu tenho que ir agora , amanhã a gente se vê.
Clara: Tchau amiga *te da um abraço e um beijo*
Renata: Amiga Você não quer que a gente te leve em casa? É perigoso pra você andar sozinha na rua a essas horas da noite
Você: Não precisa, eu vou rápido e qualquer coisa eu sei me defender esqueceram ?
Clara: Mesmo você sabendo luta, ainda corre perigo. Ainda mais agora que já sabe de tudo.
Você: Qualquer coisa eu ligo pro Damon ou pro Stefan e eles vão me buscar.
Renata: Ok mais tome muito cuidado, e qualquer coisa liga pra gente.
Você: Ta bom.


Vocês se despedem e você vai andando na rua sozinha e percebe que a rua estava muito escura e parada, coisa que não é normal então você começou a andar mais rápido ..


Na casa dos Bieber
A Caitlyn ta tendo uma visão.


~~ Visão on ~~
Você Está andando sozinha em uma rua escura e vazia e alguém está te perseguindo. Você começa a andar mais rápido até que chaga uma hora que você olha pra trás e não vê ninguém e quando olha pra frente tem um cara parado na sua frente você leva um susto e da um pulo pra trás e tropeça em uma pedra e cai no chão e o carinha fala:
Carinha: Cuidado, mocinha.
Você: Quem é você?
Carinha:Eu me chamo Aro, e você é a (seu nome)
Você: Como você sabe meu nome?
Aro: Digamos você é bem famosa entre os vampiros , bruxos e feiticeiros.
Você levanta e diz: Como assim? *você fala meio assustada*
Aro: Não precisa ficar com medo, querida *diz ele passando a mão em seu rosto*
Você se afasta e diz: Eu não estou com medo *disse tentando demonstra que não esta com medo*
Aro: Não é o que esta aparecendo.
Você: Tenho que ir meus irmãos estão me esperando *você diz e sai andando*


Aro para na sua frente e te joga longe , fazendo com que você batesse a cabeça na parede, você passa a Mão na cabeça e vê que ta sangrando , o Aro se abaixa do seu lado e fala:


Aro: Você não deve dar as costas pra mim *ele te levanta pelo pescoço*
~~ Visão off ~~


A Caitlyn deixa um vaso que estava na mão dela cair no chão da sala e todos olham pra ela e o Justin pergunta:


Justin: O que foi Cait?
Caitlyn: O Aro vai pegar a (seu nome)
Justin: Aonde ela ta?
Caitlyn: Eu não sei aonde é , ela ta em uma rua toda escura , parece que ela tava voltando da casa de uma amiga só não sei qual.
Justin: Eu sei aonde é essa sua, ela tava na casa da Clara *ele diz e sai correndo em direção a tal rua*
Jeremy diz: Chris , Chaz e Ryan vão ajudar o Justin
Chris/Chaz/Ryan: Ok


Enquanto isso na rua que você estava.
Você Está andando sozinha em uma rua escura e vazia ,



e alguém está te perseguindo você começa a anda mais rápido até que chega uma hora que você olha pra trás e não vê ninguém e quando olha pra frente tem uma cara parado na sua frente você leva um susto e da um pulo pra traz e tropeça em uma pedra e cai no chão e o carinha fala:


Carinha: Cuidado, mocinha.
Você: Quem é voce?
Carinha:Eu me chamo Aro, e você é a (seu nome)
Você: Como você sabe meu nome?
Aro: Digamos você é bem famosa entre os vampiros , bruxos e feiticeiros.
Você levanta e diz: Como assim? *você fala meio assustada*
Aro: Não precisa ficar com medo, querida *diz ele passando a mão em seu rosto*
Você se afasta e diz: Eu não estou com medo *disse tentando demonstra que não esta com medo*
Aro: Não é o que esta aparecendo.
Você: Tenho que ir meus irmãos estão me esperando *você diz e sai andando*


Aro para na sua frente e te joga longe , fazendo com que você batesse a cabeça na parede, você passa a Mão na cabeça e vê que ta sangrando , o Aro se abaixa do seu lado e fala:


Aro: Você não deve dar as costas pra mim *ele te levanta pelo pescoço*
Pessoa: Solta ela agora Aro
Aro: Olha quem apareceu pra ajudar a namoradinha
Você: Jus..tin *diz com muita dificuldade*
Justin: Solta a (seu nome) 


O Aro te solta com tudo no chão fazendo com que você caísse por cima da sua perna fazendo que a mesma quebrasse e você geme de dor. Justin joga o Aro longe e vai te ajudar , nessa hora os meninos chegam e partem pra cima do Aro.


Justin: Você esta bem, (seu apelido)?
Você: Justin... Minha perna ta doendo muito 

Justin olha sua perna e vê que você caiu por cima da mesma fazendo com que ela quebrasse e diz: Sua perna esta quebrada, é por isso esta doendo *os meninos chegam do seu lado, pois o Aro havia fugido*
O Chris pergunta pro Justin: Como Ela Está ?
Justin: Ela quebro a perna e bateu a cabeça com força.
Chaz: Leva ela pro seu pai examiná-la.
Justin: É isso que eu vou fazer, Ryan e Chaz vão avisar pro Stefan e Pro Damon O que aconteceu .


Ryan/Chaz concordam e vão pra sua casa...


Justin: Chris Voce me ajuda com a (seu nome)?





Continua...
Stefani

Capítulo 10 - Entre risadas e beijos

      Começamos a caminhar novamente. Derek estava ao meu lado e do outro estava Bía que ajudava Perseis, que ainda estava meio tonta. Andamos o restante da tarde inteira. Já eram umas 18h30 e o sol estava se pondo. Derek estava ao meu lado, mas Bía e Perseis estavam um pouco mais atrás com os outros.

      - Bonito o pôr do sol, não acha? - perguntou Derek.

      "Quase tão perfeito quanto você!", pensei. Mais um pensamento idiota. O que está acontecendo comigo?

      - É... lindo mesmo. - eu disse.
      - Acho romântico um pôr do sol assim! - ele disse.

      Olhei para ele, ele olhava para mim e sorria. Ele era lindo, mesmo estando com os cabelos bagunçados, olheiras e alguns arranhões das lutas. Sorri de volta e pude sentir a mão dele encostando na minha. Meu coração acelerou, ele entrelaçou nossos dedos e chegou um pouco mais perto de mim.
      Eu não tirava meus olhos dos olhos dele. Estava literalmente surtando por dentro. Estava tudo perfeito! Seu rosto chegava perto do meu lentamente e eu queria que esse momento durasse para sempre. Ele colocou a mão no meu queixo e o puxou delicadamente, estávamos a ponto de nos beijarmos, quando:

      - ATCHIM!

      Nos afastamos na mesma hora e soltamos as mãos. Meu rosto queimava de vergonha. Esqueci que tínhamos platéia. (¬¬)

      - Qual a parte do "não façam barulho para não atrapalhar" que você não entendeu? - disse, ou melhor, gritou, Perseis.
      - Foi sem querer! Juro! Eu espirrei, não tinha como segurar! - disse Percy.
      - Eles estavam quase lá! - disse Nice, fazendo beicinho.
      - Eu queria ver! - disse Bía.

      Me virei e vi todas as meninas batendo no Percy, enquanto Mike e Eric se dobravam de tanto rir. Lembra que eu falei que queria que esse momento durasse para sempre? Então... depois disso não quero mais.
      Derek também estava corado, ele fica tão fofo assim... Eu precisei cobrir meu rosto para tentar amenizar a situação que ele estava, mas ainda conseguia ver pelo canto do olho o pessoal.

      - Eu botei MUITA FÉ Percy! - disse Eric, entre risadas. - Foi ÓTIMO!
      - Cala a boca! - gritou Perseis e deu um tapa nele.

      Senti mãos puxando as minhas, retirando-as do meu rosto e me fazendo ver aqueles olhos cor de mel que tanto me hipnotizam. Ele deu um sorriso encantador e me roubou um rápido selinho. Se eu explodi de alegria? É claro. Se eu corei mais ainda? Pode ter certeza que sim. O pessoal não viu o selinho, só viu nós dois sorrindo feito bobos e segurando as mãos, olhando um para o outro.

      - Para, para! Calma!- disse Nice, se virando pra nós. - Acho que perdemos alguma coisa. - e nos lançou um olhar desconfiado.
      - Mike... Você está... Chorando? - perguntou Bía.

      Ele estava vermelho, algumas lágrimas caiam pelo seu rosto e ele gargalhava com vontade.

      - Talvez. - ele disse, entre risos. - Ai minha barriga. - e riu mais.

      Depois de tudo isso, nós andamos um pouco mais e encontramos um local com algumas árvores e arbustos, como uma pequena floresta. Montamos acampamento e ficamos ao redor da fogueira. Nós jantamos e fomos dormir depois de cantarmos algumas músicas.

**

      Senti alguém me balançar. Abri os olhos e vi Perseis me balançando. Deviam ser umas 22h.

      - Acorda, Mai! - ela sussurrou.
      - Que é, Perseis? - perguntei.
      - O Mike e a Nice foram para a floresta.

      Nos olhamos com o mesmo pensamento: "Aí tem coisa! Vamos seguí-los." Nos levantamos e fomos escondidas vendo eles. Eles estavam rindo e brincando, eles subiam o morro que havia ali. Perseis e eu nos escondemos atrás de uns arbustos que haviam ali. Nice corria de Mike, e então ela começou a voar usando seus tênis de asinhas, para tentar fugir de Mike.

      - Inútil! - disse Mike e começou a flutuar. - Sou filho de Júpiter.
      - Droga! - disse Nice e os dois riram.

      Ficaram voando e brincando pelo ar por um tempo até que Mike conseguiu pegar Nice. Ele a atacou por trás e a pegou, ela ria e se debatia tentando se soltar. Ela se virou para ele e empurrou o peito dele. Ele nem se mexeu, só riu. Nice levantou o olhar para ele e ia dizer algo, mas acabou fechando a boca e ficando quieta.
      Eles olhavam fixamente um para o outro. Mike afroxou o abraço e colocou suas mãos suavemente na cintura dela. Nice deslizou suas mãos até a nuca dele. Já disse que eles ainda estavam flutuando? (*u*)
      Mike acariciou a bochecha de Nice e eles foram chegando mais perto, mais perto, mais perto, e aí... Eles se beijaram.
      Eu e Perseis tivemos que conter o grito. Eu estava tão feliz! FINALMENTE eles pararam de frescura e se beijaram. Nós duas nos abraçamos e tentamos conter a animação, o que não deu muito certo e alguns gritinhos abafados escaparam.
      Com isso eles pararam de se beijar e olharam para baixo dando de cara com... NÓÓÓÓÓÓÓÓIS! (=D)

      - Er... oi! - eu disse.
      - Corre! - gritou Perseis, se levantando.

      Começamos a correr e eles vieram (literalmente) voando atrás de nós.

      - NÃÃÃO, ELES VÃO NOS PEGAR! - gritou Perseis.

      Senti algo empurrando minhas costas, então eu tropecei e sai rolando morro abaixo. Foi uma confusão de pernas, braços, cabelos, folhas, grama e terra. Acabou que parei de rolar e Nice parou em cima de mim. Ela prendia meus braços com as mãos e as pernas dela. Ouvi um gemido e olhei para o lado, Perseis estava sendo esmagada embaixo de Mike, ele a prendia da mesma forma q Nice fazia comigo.

      - O que as duas senhoritas estão POR ACASO fazendo aqui? - disse Mike.
      - Ai, minhas costas. SEU BRUTO! Me quebrei toda! Ai. - gemeu Perseis.
      - Nós... Nada... Er só.... Caminhada noturna. - eu disse. - Não é, Perseis?
      - Claro! Caminhada noturna. - concordou ela.
      - Tá bom! Sei... - disse Nice, sarcástica.

      Eles saíram de cima de nós e nos ajudaram a levantar. Estávamos todos cheios de folhas e barro. Enquanto Nice tirava algumas folhas do cabelo, Perseis foi até ela e colocou a mão no ombro dela.

      - Nice... - ela começou.
      - NÃO! PERSEIS! NEM TERMINA! - disse Mike, em pânico.
      - VOCÊ TEM A MINHA BENÇÃO! - ela gritou e saiu correndo rindo.
      - PERSEEEEEEEEEEEIS! - berrou Mike e saiu voando atrás dela.

      Ela correu, mas não adiantou, pois ele a pegou e a levantou, levando-a para o céu. Perseis ria e se debatia tentando se soltar.

      - Para de me matar de vergonha! - ele disse.
      - FOI ÓÓTIMOOO! - ela disse, entre gargalhadas.

      Ele a jogou alto e depois a pegou só pelo pé. Ela se debatia meio rindo, meio em pânico. Depois ela jogou um pequeno jato de água na cara dele e ai... bem... eles caíram.
      Nice e eu corremos até onde eles estavam e encontramos os dois esparramados no chão. Eu achei que eles iam... sei lá... chorar, reclamar, mas sabe o que eles fizeram? Desataram a rir.

      - Você é a melhor prima do mundo, sabia? - disse Mike, entre risos.
      - Eu sei. - Perseis respondeu rindo.

      E se abraçaram. Calma... onde está a briga de meio segundo atrás?

      - Ok, não vou nem perguntar. - eu disse, enquanto eles se levantavam do chão.
      - Nem eu. - confirmou Nice.

      Voltamos para o nosso acampamento. Nice e Mike foram dormir juntinhos. Perseis se deirou entre Eric e eu. Eles em pouco tempo dormiram. Percebi que Derek não se encontrava ali, acho que ele devia estar vigiando. Eu estava um pouco sem sono, então fui atrás dele. Ele estava sentado numa pedra, seu arco e flecha estavam do lado direito, pronto para o caso de perigo, e ele estava segurando um violão. Havia um caderno e uma caneta em seu colo. Fiquei parada apenas o ouvindo cantar:

"If I could just die in your arms
I wouldn't mind
'Cause every time you touch me
I just die in your arms
Oh, It feels so right
So, baby, baby, please don't stop girl"

      Sem querer eu fiz barulho pisando em um graveto e ele se interrompeu se virando pra mim. Ele ficou levemente corado, mas depois perguntou:

      - Tá aí a muito tempo?
      - O bastante para te ouvir cantar um pouco. - eu disse, me aproximando e me sentando do lado dele. - É uma música muito bonita.
      - Obrigado. - ele disse. - Fui eu que fiz... pra você.
      - Pra mim? - perguntei, meio sem acreditar.
      - Sim. - ele sorriu. - O nome é "Die in your arms".
      - Porque eu te amo. E, às vezes, você me machuca me deixando com ciúmes quando fica perto do Eric. Eu sou egoísta em não querer te dividir com ninguém, porque isso quebraria meu coração em pedaços. E se eu pudesse morrer em seus braços, eu não me importaria, porque toda vez que você me toca eu apenas fico tão feliz que morro em seus braços. Eu sei que te amar não é fácil, mas com certeza vale a pena tentar. Se há uma razão pra você me chamar de tolo, porque é muito difícil, esta é a última vez e me ensina a me comportar, apenas me diga o que eu tenho que fazer só pra ficar bem perto de você. Eu vou ficar aqui, porque eu não posso viver sem você. E amar é tão malditamente fácil pra mim. Maia, deixa eu cuidar de você.

      Aquelas palavras eram tão lindas. E eram todas da música dele. A música descrevia tudo o que ele estava sentindo. Eu abaixei a cabeça, um pouco envergonhada e sem saber o que falar. Ele levantou minha cabeça, fazendo novamente com que eu me perdesse em seus olhos. Meus olhos deviam estar marejados, porque ninguém nunca fez uma declaração tão linda pra mim. Sua mão agora se encontrava em minha nuca e com seu polegar, ele acariciava levemente o meu rosto. Estávamos chegando bem perto, nossas respirações já se confundiam, quando ouvimos um barulho de alguém limpando a garganta. Imediatamente, nos separamos. Mais uma vez fomos interrompidos. Dessa vez por Eric. (¬¬')

      - Me desculpe, Derek! É que já passa da meia noite e nós vamos trocar de turno. - disse Eric, meio sem graça, porque eu lançava um olhar furioso pra ele.
      - Ah, tá! - disse Derek, arrumando as coisas.
      - Ahm, eu vou indo. - eu disse. - Boa noite, Derek! - dei um beijo em sua bochecha.
      - Boa noite, Mai! - ele disse sorrindo.
      - E boa noite, Eric! - eu disse e dei um tapa de leve no ombro dele.
      - Boa noite! - ele disse e riu logo depois.

      Voltei novamente pro acampamento e me deitei no meu saco de dormir. Fiquei pensando em tudo o que o Derek me disse hoje, até, por fim, adormecer com um sorriso no rosto.



Continua...








Heeeeeey, cupcakes!!!! <3
Como estão vocês ein, meus amores???? 
Eu estou bem.... apaixonada!!! >.<
Gente, meu boy é muuuuuuito fofo!!!! É uma pena que ele more longe de mim! =( mimi'
Mas, enfim! VOCÊS VIRAM QUE FOFO O DEREK? *--*
Eu tava mt carente quando escrevi isso! kkk e olha q isso foi ano passado, antes de eu conhecer o Rapha!
Mas e aí, gostaram?? E do ATCHIM? kkkkk bom, a Isa tinha tido ideia pra um beijo super romântico, mas  eu optei pelo ATCHIM! kkkkk afinal, O beijo não pode acontecer agr! kkkk
E vocês viram q fofo a Nice e o Mike??? *-* Mt divos se beijando no ar, né??
Ok, vou parar de falar e responder aos comentários.

Respondendo aos comentários das lindas:
nana !♥! - Awn... obrigada, sua linda! E sim, você foi a primeira! \o/ Agora você deve estar ainda mais surpresa, né? kkkk nao faz sentido msm, mas ok! kkkkk tbm te amo mt linda!
@thamy_belieber_ - se voce achou aquele cute, o que você achou desse? kkkkkkk e eu imagino direitinho você falando as besteiras! kkkk continueeei minha gatinha linda
Isabella Conte - kkkkkkk só vc msm! =D Okok, já vou postar! E pois é, já tinha me esquecido! ;s
Segunda eu te lembro, ai vc pega lá! =D E NUNCA que você vai me hackear! Você não sabe minha senha! u.u kkkkk

CONTINUA COM 3 COMENTÁRIOS!
Beijinhos cobertos de SWAG pra vcs! =*
Isa e @ClaraVeras

6 de mar de 2013

Capítulo 9 - Descobertas

      Sétimo dia de missão, eu já havia enfrentado alguns lestrigões, uma górgona (que graças aos deuses não era a Medusa), depois de ter quase morrido um zilhão de vezes, me machucado bastante, e o nosso destina parecia ainda bem distante. Depois da luta com os lestrigões, resolvemos parar um pouco par descansar. Era de manhã ainda e tínhamos uma longa jornada pela frente.
      Eu estava arrumando minha mochila para continuar a viagem e Perseis estava ao meu lado e do nada uma lança dourada passa a um centímetro do meu rosto.

      - AAAH! O QUE É ISSO? - eu gritei.
      - Desculpa, Mai! Ela desenrolou! - disse Perseis.

      Olhei para o lado e vi que a lança saia da mochila de Perseis. Ela fez um movimento com as mãos e a lança diminuiu até virar uma...

      - O que é isso? - perguntei.
      - Meu presente de aniversário. Mike me deu. - ela disse amarrando o lenço preto no pulso. - É uma bandana. Uma bandana-lança. - ela riu.
      - Hum... Metallica! Você gosta? - disse Derek, se referindo a Perseis.
      - Muito!
      - Uma garota que gosta de rock? Que incrível! - disse Derek.
      - Tem certeza de que você é mesmo menina? - perguntou Eric.

      Todos olharam pra ele com cara de "Sério?!", Perseis mandou outro olhar de ódio pra ele e saiu conversando com Derek sobre outras bandas. Eu e o Eric ficamos um pouco mais pra trás.

      - Eric, querido... PARE DE ME MATAR DE VERGONHA! - eu disse.
      - O que? Foi só uma pergunta... - ele começou.
      - Idiota! - eu o interrompi. - Uma pergunta idiota!
      - Mas, mas... As meninas não gostam de rock, nem são... ASSIM que nem ela!
      - Assim.... assim.... - ele abaixou a cabeça e disse baixinho. - Perfeita.

      Olhei para ele, mas com ternura, e esperei que ele continuasse.

      - Por que? Por que ela é assim? Por que isso me atrai? Por que eu pareço um completo babaca com ela por perto? Eu queria tanto que ela não me odiasse! Eu nunca vou conquistá-la.

      Não falei nada, só fui andando ao lado dele e pensando. Fiquei com pena dele. Querendo ou não, isso era verdade, ele quando perto dela ficava nervoso e acabava bancando o idiota. E com isso ela o odiava mais. Se eu pelo menos conseguisse saber o que ela sentia por ele...
      Fomos andando embaixo do sol pelas estradas desertas. De vez em quando passava um carro solitário pela rua.
      O sol já estava bem alto no céu e fazia muito calor. Resolvemos parar um pouco para nos refrescar embaixo da sombra de algumas árvores que nós encontramos. Meu estômago roncava alto, o café da manhã não passava de uma distante lembrança.

      - Vou morrer de fome! - disse Mike!
      - Eu também! - concordou Derek.
      - Mais quanto tempo para chegar na cidade? - perguntou Nice.
      - Se formos a pé... mais um dia e meio. - respondeu Eric.

      Todos gememos infelizes.

      - Tem que ter algo pra comer mais pra frente. - eu disse.
      - Já andamos por umas quatro horas... Não tem nada aqui. - reclamou Bía.
      - Maldita estrada. - reclamou Percy.
      - QUE CALOOR! Vou desitratar de tanto suar. - reclamou Perseis.

      Ficamos deitados no chão reclamando, os meninos (sortudos) tiraram as camisas para tentar fugir do calor e foi então que eu vi que Mike tinha uma espécie de tatuagem no antebraço direito. Perseis, assim como eu e as meninas, estava levantando as mangas para formar uma regata e vi uma tatuagem parecida com a de Mike, mas acontece que a dela tinha um tridente e a de Mike, uma águia. Estavam escritos também as letras SPQR acima do desenho e, em Perseis, haviam cinco listras pretas na vertical, e em Mike haviam quatro. Olhei Percy e ele tinha uma tatuagem semelhante a de Perseis, só que somente com uma listra.

      - O que... o que é isso? - eu disse, tocando a tatuagem de Perseis.
      - A marca romana. Fazem isso em nós quando fazemos algo grandioso que ajude o acampamento. - disse Mike.
      - Qualquer semideus romano que tenha sido reclamado e ajude significativamente o acampamento ganha uma dessa. E a cada ano, uma listra aparece. - disse Perseis.
      - Mas... Percy é grego... - eu disse, confusa.
      - Mas fiquei um tempo no acampamento Júpiter. E os ajudei a derrotar um gigante. Só tenho uma linha, porque eu fui embora para o acampamento grego depois. - explicou Percy.
      - Uau! - eu disse e imediatamente me lembrei de um dos livros de Riordan que conta exatamente a história de Percy no acampamento romano. - Mas, dói? Sabe, fazer a marca?
      - MUITO! - disseram os três ao mesmo tempo.
      - Mas é uma honra tê-la. - disse Mike.

      Eles me explicaram mais um pouco sobre como cada um ganhou sua marca, até que tivemos que levantar, pois precisamos continuar o caminho. Começamos a andar de novo até que ouvimos um barulho nada bom vindo de trás de nós.
      Viramos e havia um leão. Não um leão comum, mas um com o triplo do nosso tamanho, um leão de Neméia. Todos pegamos nossas armas e nos preparamos para lutar.
      O leão atacou e nós fomos aos seu encontro. Lutamos com todas as forças, mas estávamos exaustos e fracos. Eu estava dando o meu máximo, mas por causa de sua juba, a minha espada não conseguia encontrar sua pele para matá-lo. Eu tentei muitas vezes ferir suas patas para que ele caísse, mas ele não se abalava.

      - Precisamos distraí-lo! - gritei. - Percy, joga um jato de água nele!
      - Não posso! - disse ele, enquanto escapava por pouco de ser pisado. - Não tem água por perto e o sol está me deixando sem muita reserva de água no corpo.

      Desviei de um raio de Mike que sem querer quase me acertara e pensei: "é... vou morrer!".

      - Já sei! - gritou Perseis.

      Ela correu ao encontro de Percy e pegou a mão dele, eles se olharam e, do nada, começaram a flutuar e a brilhar. Ficaram envoltos por um monte de magia e, do nada (de novo), uma onda enorme surgiu. Ela tinha pelo menos uns seis metros de altura. A onda envolveu o leão e parecia estar estrangulando-o. Ele se debatia freneticamente a procura de ar e dava cabeçadas no redemoinho de água, tentando fugir. A onda se agitou mais e o leão começou a fraquejar. No fim, o leão morreu e sumiu junto com a onda, deixando apenas a sua juba que virou um casaco estilo de aviador.
      Percy e Perseis pararam de brilhar e caíram com tudo no chão. Eles ainda estavam de mãos dadas, mas estavam desacordados.

      - O que... o que aconteceu? - perguntou Bía, confusa.
      - Eles ativaram o poder máximo, mas estavam sem energia suficiente... - começou Mike.
      - Fazendo com que ficassem esgotados. - eu concluí. - Eles não precisavam ter feito isso.
      - Tá legal! E o que vamos fazer agora? - perguntou Nice. - Eles estão desmaiados e pelo jeito vão ficar assim por um bom tempo.
      - Acho que consigo fazer um deles flutuar. - falou Mike, pensativo.

      Ele fez uma cara de concentração, esticou o braço e abriu a mão na direção de Percy. Passados alguns segundos, o corpo desacordado dele se ergueu do chão.

      - Consegue levantar Perseis também? - perguntou Derek.
      - Não... - disse Mike, enquanto estabilizava o corpo de Percy no ar. - Equilibrar só ele já vai ser difícil.
      - O que vamos fazer com ela então? - perguntei. - Não podemos deixá-la aqui!

      Nos entreolhamos e ninguém sabia o que fazer. Eric me entregou a espada dele, foi até onde Perseis estava, a pegou nos braços e levantou. Ficamos parados olhando... meio surpresos.

      - O que? - disse Eric, se virando para nós. - Vamos andando... Precisamos tirá-los do sol e achar água.

      Começamos a andar e eu corri para o lado de Eric.

      - Então... - comecei. - Como é ter ela em seus braços?

      Dei uma risadinha e ele riu fraco.

      - Não era bem assim que eu imaginava, mas ok. Melhor que nada. - ele respondeu.
      - Ia ser engraçado se ela acordasse agora. - eu disse.
      - Ela ia ficar brava... e gritaria comigo.
      - Então! - eu ri.

      Ele riu e disse:

      - Chata!

      Eric me empurrou de leve com o ombro e nós dois rimos. Com esse pequeno empurrão, a cabeça de Perseis acabou pendendo para o lado e encostando no peito de Eric (já disse que ele ainda estava sem camisa?) o que fez com que ele abrisse um largo sorriso.

      - Ela está deitada no meu peito. - ele sussurrou.
      - Você sabe que... - comecei.
      - Deixa eu curtir o momento. - ele disse, me interrompendo. - Esse é o mais perto de romance que eu vou conseguir com ela.

      Ri com isso e dei um pequeno tapa em seu braço, fazendo-o rir também.

      - NÃO ACREDITO! - berrou Derek e apontou para a frente. - COMIDA!

      Olhei para a frente e pude ver uma pequena lanchonete a uns 15 metros de nós. Minha boca se encheu de água e meu estômago roncou alto.

      - ALELUIA! - gritou Bía. - ALMOÇO! Às três da tarde, mas... ALMOÇO!

      Apressamos o passo e chegamos na lanchonete. Ao abrir a porta senti o ar condicionado batendo em minha pele. QUE DELÍCIA! Mike parou de fazer Percy flutuar e ele e Derek o carregaram para dentro. Me joguei no banco, completamente esgotada e Derek colocou a cabeça de Percy em meu colo. Eric veio depois e se sentou ao meu lado com a cabeça de Perseis em seu colo.
      Os meninos vestiram suas camisas novamente e Nice voltou com uma bandeja cheia de salgados, pães e garrafas d'água. Meus olhos brilharam... COMIDA! (*u*)
      Eric pegou uma garrafa de água, virou um pouco em sua mão e passou a mão pelo rosto de Perseis. Fiz o mesmo com Percy.
      Acabamos com a garrafa inteira até que reparamos uma mudança. A pele deles parecia ter voltado a cor normal e eles pareciam descansados. Percy, então, abriu os olhos.

      - Ooi! Está melhor? - perguntei.

      Ele se sentou e resmungou alguma coisa. Estendi sua camisa e ele a vestiu.

      - Estou sim, obrigado! - disse ele e sorriu fraco.
      - Ela não acordou... - disse Eric se referindo a Perseis.

      Olhei para ela. Ela, definitivamente, estava com uma aparência melhor, mas seus olhos ainda estavam fechados.

      - Ela é mais nova que eu,  só tem 16. Os efeitos podem durar mais tempo nela do que em mim. - disse Percy.

      Escutei Eric sussurrar um "por favor, acorda!", mas acho que ninguém mais escutou. Depois de uns cinco ou dez minutos, Perseis suspirou e começou a se mexer.

      - Ela está acordando! - disse Eric, tentando conter a alegria.

      Ela esfregou os olhos e depois os abriu.

      - Hum... O que? ERIC?

      Ela se levantou numa velocidade ninja, mas logo depois deitou de novo com as mãos na cabeça.

      - Aai, minha cabeça! - ela gemeu.
      - Calma, pode ficar deitada. Você precisa descansar. - disse Eric.

      Ela, primeiramente, fez uma careta, mas depois concordou e se ajeitou no colo dele. Depois ela pediu a comida e começou a comer.
      Terminamos de comer e ficamos sentados conversando. Eu me sentia bem melhor agora, podia continuar o caminho sem problema. Percy já estava completamente renovado e contava como era a experiência de ativar o poder máximo. Perseis ainda estava deitada nas pernas de Eric e eles estavam conversando. Sim, CONVERSANDO! SEM BRIGAR! Até riram juntos uma hora. (O.O)

      - E você, Mai? - perguntou Derek e colocou a mão em cima da minha, me fazendo surtar completamente por dentro. - Está melhor?

      "Melhor agora que você me tocou", pensei.

      - Aham! - confirmei.
      - Você precisava comer, não é? - ele disse e riu.

      "Não, eu preciso de você! Me abraça!", tá legal, meus pensamentos estão loucos.

      - E como! - eu disse, somente, ignorando meus pensamentos. - Eu estava roxa de fome.

      Ele deu um daqueles sorrisos que me faz derreter por dentro e tirou a mão dele de cima da minha. (Buá!)
      Saimos da lanchonete e voltamos ao calor do dia! ¬¬'




Continua...




E aí, minhas CUPCAKES! 
(eu sei que a Beelle chama vocês assim, mas eu tenho meus motivos para 
chamar vocês assim pelo menos nessa IB haha)
O motivo? Bom, no primeiro livro da série "Heróis do Olimpo" (O Herói Perdido)
tem um sátiro que chama os semideuses de cupcakes! Por isso vou chamar vocês assim
pelo menos enquanto estiver escrevendo esta IB! hehe
Mas, enfim, COMO VOCÊS ESTÃO??
Tava com uma SAUDADE ENOOORME de vocês!!!
Eu sei que demorei MUUUUUUITO pra postar, mas peço MIL desculpas!
O motivo? 3º ano do Ensino Médio. Estou em semana de prova. Não posso usar
o computador dia de semana. Blábláblá
Mas, eu POSTEI HOJE! (escondido, mas postei! u.u)
Vocês viram o que eu escrevi pro niver do Jus?? *--* Se não, cliquem aqui.

Respondendo aos comentários das lindas:
nana !♥! - kkkk vc sempre ta ansiosa menina! kkk Eu não escrevo muito bem não, amore! kkk e lembre que algumas partes dessa IB é a minha amiga, Isa, que escreve. E não, vc que é demais! ;D kkkk sim, vc foi a primeira! \o/ E desculpa, pq eu demorei! =S Tbm te amo mt, fofa! 
♥ Victoria Velloso ♥ - Concordo, valentão apaixonado é muito bom! kkk e vc e sua irmã (Vivianne é sua irmã, né?) tão lendo essa IB??? e EU TO COM SAUDADE DE VC! u.u Te amo, Vic!
Isabella Conte - Eu sabia que mais cedo ou mais tarde vc ia acabar comentando só pra eu postar! kkkkkkkkkkk boba! Ele não é fofo! Ele é SUPERHIPERMEGAULTRAPOWER fofo!! *--* kkkkk

CONTINUA COM 3 COMENTÁRIOS!
e quando eu puder postar! =S
Beijinhos cobertos de SWAG pra vocês! =*
Isa e @ClaraVeras

Amor entre vampiros - Capítulo 4

Vc: perae quem vai vir atrás de mim ?E quem são as bruxas?
Damon: ... Os originais , eles vão quere q vc se junte a eles , e as bruxas são Bonnie e a Clara as bruxas mais poderosas e Tem a Renata que é uma das feiticeiras mais poderosas q existe .
Vc: Perai voce ta me dizendo q minhas amigas são uma bruxa e uma feiticeira?
Stefan: Sim (Seu nome ) elas são só que não poderiam te falar , tente entender o lado delas .
Vc: *respira fundo*E Disse: Ok, mas elas vão ter que me explicar essa história. *sai e vai pro seu quarto*

~~ Pensamento on ~~ “Porque será que elas não me contaram nada? Poxa elas não confiaram em mim. Vou ligar pra elas agora , elas vão ter que se explicarem ~~ Pensamento Off~~

~~Ligação on~~
Tum.... tum.... Tum.. kk
Clara: Oie Amiga
Você: Oi, Porque você não me disse que era uma feiticeira e que a Renata era uma bruxa?
Clara: Vem aqui em casa que eu vou chamar a Reeh e agente te explica.
Você: Ok, To indo pra ir.
~~ Ligação off ~~


Você vai toma uma banho , coloca essa roupa:

Coloca esse salto:

Passa uma make bem clarinha:

Você pega seu celular:


Dece e encontra o Damon na sala:
Damon: Oi Gatinha vem sempre aqui *disse rindo*
Você: Damon para de ser idiota *disse rindo*
Damon: Eu não tenho culpa da minha maninha ser linda e gostosa *disse rindo*
Você deu mó tapa nele, e ele disse: Ai ,doeu
Você da risada e diz: Era pra doer mesmo kkkkkk
Damon: Nossa maninha como você é do mal . *disse ele com carinha de cão abandonado*
Você: Você ainda não viu nada maninho kkkkkkk agora deixa eu ir *diz saindo de perto do Damon*
Damon: Eii mocinha aonde você vai?
Você já perto da porta diz: Vou na casa da Clara , ela e a Renata precisam me dar explicações.
Damon: Volte logo mocinha , é perigoso pra você ficar andando sozinha.
Você: Ta bom, Papai *disse meio irônica*
Damon: Eu to falando serio (seu nome) , é perigoso você andar sozinha.
Você: Ok, qualquer coisa eu peço pras menina virem comigo ou ligo pra você ou pro Stefan, tudo bem?
Damon: Ok.
Você: Tchau.
Damon: Tchau. *Você sai e vai pra casa da Clara que era três quarteirões depois da sua casa *
Chagando na casa da Clara , ela e a Renata estavam te esperando na porta.
Elas: Oie Amiga
Você: Oie *diz e da um abraço em casa uma*
Clara: Vem , vamos entra.
Vocês concordam e entram e se sentam na sala.
Você: Quem vai começar a me contar todo.
A Clara e a Renata se olham , e a Clara diz: ...


Família vocês estão gostando da historia?O que Estão achando ? Me digam pra que a minha pessoa possa melhor a ib . Irmãs e irmãos eu to demorando pra mandar os capítulos pra Clara porque meu modem queimo e eu to esperando a minha mãe compra outro. Digam o que vocês querem que eu mude na IB e o que querem que eu faça. Tem algum Boylieber lendo a IB?
Stefani




Avisinho da Clara!
Galerinha, mil perdões por não estar postando nenhuma das minhas IBs, mas
é pq eu to em semana de prova em uma das escolas mais "fodas" da minha cidade e
ainda por cima estou no Terceiro ano do Ensino Médio! =S
Pois é, mas quando eu puder, eu juro, prometo, dou a minha palavra escoteira de que
vou postar um cap da semideusa misteriosa e um da you'll be in my heart always!
Beijinhos com SWAG!
@ClaraVeras

1 de mar de 2013

Happy Birthday

Feliz Aniversário, meu príncipe! Então 19 hoje, né? Eu estou tão orgulhosa de você. Eu só não consigo dizê-lo em palavras, mas eu vou tentar! Deixe-me começar pela primeira vez que eu ouvi você cantar! Eu diria que foi em Março de 2010! Quando eu ouvi 'Baby' pela primeira vez e eu me apaixonei pela sua voz. Você era tão fofo quando eu procurei pelas suas fotos no Google! Agora você cresceu, é um homem! Você não é mais aquele menininho de 'One Time', mas ACREDITE pra mim você sempre será aquele menininho fofo do video 'One Time'! Eu sei que sonhos podem se tornar realidade por sua causa! Você me fez ACREDITAR que se eu NUNCA DIZER NUNCA e ACREDITAR em meus sonhos, um dia todos eles vão se realizar. Um deles é conhecer você! Talvez você não chegue a ler isso, talvez leia! Mas isso não importa! Um dia eu vou te ver, te abraçar, tirar uma foto com você e cantar com você (todo mundo tem um sonho, não é? Haha). Bom, era só isso que eu queria te dizer! PARABÉNS, KIDRAUHL! <3 EU TE AMO MUITO! De uma Belieber Brasileira
Por: Clara Calvacante