9 de jan de 2012

Once Upon a Dream - Capítulo 21 (chorei ao reler)

*Anteiormente*
      Aquio me abalou. Ela estava com o Ryan? Deus, como fui um idiota. Eu devia ter acreditado nela.

**Clair narrando**

      Depois de ver o Justin eu entrei na casa da Cait. Lágrimas percorreram meu rosto. Vi Chaz sentado no sofá me olhando, mas eu o ignorei. Subi direto para o quarto da Cait. Nem bati, eu simplismente entrei, fechei a porta com força, me joguei na cama da Cait e pus-me a chorar. As meninas estavam no closet e assim que ouviram o barulho da porta saíram de lá. Ela, Miley e Demi, que também estava lá, vieram ao meu encontro. Eu estava com a cabeça nos travesseiros da Cait.

Cait (preocupada): Clair, o que aconteceu?
Miley (preocupada): Conta pra gente o que aconteceu!
Clair (entre soluços): Justin, ele estava lá fora, e eu me lembrie do que ele fizera ontem. (desabei)
Demi: Clair, não fica assim! (passando a mão em meus cabelos) Você vai ver, as coisas vão ficar melhores.
Clair: É o que eu espero Demi.

      Depois disso eu voltei a chorar. Eu não consiguia acreditar que o Justin tivesse feito isso comigo. Eu contei as meninas o que havia acontecido ontem. Elas ficaram chocadas com o que o Justin havia feito. Depois elas perguntaram se ele estava aqui e eu fiz que sim com a cabeça. Elas se entreolharam. Odeio quando fazem isso. Depois Cait disse para irmos pra piscina. Foi só aí que eu percebi que elas já estava de biquíne. Eu fiz que sim com a cabeça e fui trocar de roupa. Elas disseram que esperariam lá em baixo e eu disse que tudo bem. Fui me trocar enquanto elas desciam.


**Caitlin narrando**

      Vestimos uns shorts e depois saímos. Eu e as meninas fomos até a sala e vimos o Justin lá. Imediatamente o atacamos com perguntas.

Cait: Por que você fez isso com a Clair?
Miley: Ela está sofrendo lá no quarto por sua causa!
Demi: Ela estava chorando por sua causa!
Cait: Como você teve coragem de fazer isso?
Chris: Meninas, acalmem-se! Ele errou, isso é fato, mas ele se arrependeu ao ver a verdade, né Justin?
Justin: Foi. Eu me sinto culpado. Suponho que agora ela não vai querer me ver nem pintado de ouro.
Cait: Pois ela não deve mesmo. Você a magoou Justin. (hesitei)

      Senti um aperto no coração eu ia ainda ia acrescentar "Logo agora que ela corre risco de vida", mas fiquei quieta. Não podia falar aquilo, ou a Clair iria me matar. Principalmente se fosse pro Justin. As únicas pessoas que sabiam disso eram eu, Miley e Peter. Nem Ryan devia saber eu suponho. Talvez ele saiba apenas o motivo como eu.
      Algumas lágrimas percorreram o meu rosto e o de Miley. Suponho que ela tenha pensado a mesma coisa que eu. Eu, Miley e Demi saímoss de lá. Demi, mesmo sem compreender nos acompanhou. Eu já sabia seu segredo e senti dó dela. Coitada. Foi aí que vi os corte em seus pulsos. A gente ainda tem que contar pra Clair. Eu concerteza irei a ajudar a Demi e sei que ela também o fará. Mas eu não podia contar á Demi o que a Clair tinha. Eu e Miley limpamos nossas lágrimas quando ouvimos alguém descer as escadas.

Clair: Vamos pra piscina, meninas?
Todas-Clair: Vamos! (sorrimos)

      Eu peguei algumas toalhas e levei até a área da piscina. De repente, Ryan me chama para conversar. Eu disse pras meninas que já voltava e fui até ele. Ele me levou até o jardim de trás da minha casa. Aquele local tinha um grande significado pra mim, e acho que pra ele também. Ele  se sentou em um banco que havia ali e eu me sentei também.

Ryan: Cait, eu preciso falar uma coisa com você.
Cait: Diga!
Ryan: Cait, eu já te disse que te amo muito naquela época em que namorávamos, mas acontece que meu amor por você fez foi crescer nesse tempo que estive longe de você. Depois que te vi no dia do baile da escola, quando você foi na casa da Clair, eu soube que ainda te amava e ainda amo. Caitlin Beadles, eu quero estar sempre ao seu lado para o que der e vier. Aceitar ser minha novamente? Caitlin Beadles, quer namorar comigo?

      Eu fiquei completamente feliz e emocionada ao ouvir isso. Ele tirou duas lindas alianças do bolso. Eu comecei a chorar de felicidade.

Cait: Sim! Sim! Sim! Mil vezes sim! (risos)

      Ele sorriu me levantou e me girou. Nos beijamos nessa hora. Ele é tão lindo! Senti falta dele durante esses 3 anos. Nós colocamos os anéis nos dedos um do outro e depois fomos até a área da piscina de mãos dadas. Foi aí que percebi que ele estava de calção de banho.


**Clair narrando**

      Eu, a Demi e a Miley ficamos conversando enquanto a Cait e o Ryan conversavam. De repente os meninos se juntaram á nós na área da piscina, até o Justin estava lá, ele veio em minha direção, mas eu desviei o olhar e olhei paara um certo casal que vinha de mãos dadas do jardim. Eu os olhei maravilhada e com um sorriso. Ryan, pedira Cait para namorar com ele de novo. Pelo menos as coisas estavam dando certo pra ele.
      Justin parou de vir em minha direção porque eu fui até o Ryan e a Cait.

Clair: E aí casal mais novo? (risos)
Cait: Você sabia que ele ia me pedir em namoro?
Clair: Sinceramente não, mas eu supus quando ele te chamou e te levou até o jardim de trás. (sorri)
Ryan: Só você mesmo Clarinha! (risos)
Cait (preocupada): Clair, posso falar com você?
Clair (meio sem entender): Claro! Licença, Ry!

      Cait deu um selinho em Ryan e me puxou até a cozinha. Ela parecia preocupada com algo, eu sabia que podia ter algo haver com o Ryan, mas seu olhar parecia dizer o contrário. Parecia estar preocupada comigo.

Clair: Cait, por que essa preocupação toda?
Cait: Que dia é hoje, Clair?
Clair: Hoje é sábado. (hesitei um pouco e então soube o que ela queria dizer) Ai Meu Deus! É hoje!
Cait: Pois é! Você esqueceu não foi?
Clair: Infelizmente sim! Que horas são?
Cait (olhando no relógio): Se você não quiser se atrasar, terá que ir se arrumar correndo e agora.
Clair: Mas eu não tenho roupa pra isso!
Cait: Eu te empresto. Vem!

      Cait me puxou até seu quarto e lá fui eu correr pro banheiro pra tomar banho. Você não deve estar entendendo nada, não é? Lembra dos exames que eu teria que fazer exames pra coonfirmar o meu estado? Então, eles haviam adiado para hoje, porque meu médico não estará lá na semana que vem. E eu havia contado pra Cait para o caso deu me esquecer. E foi o caso. Assim que terminei de tomar banho eu vi uma roupa em cima da cama, era a roupa que eu iria usar, segundo a Cait. Ela havia entrado no banheiro também. Ela iria me acompanhar até o médico. Eu vesti essa roupa:
(sem o casaco)
      Logo depois a Cait saiu do banheiro já vestida. Descemos as escadas e o pessoal estava na sala. Eles olharam para nós e nós saimos correndo. Não queríamos dar explicações, pelo menos eu não e a Cait me entendeu. Nenhum deles nos seguiu. Fomos até o carro da Cait, entramos (não ficamos observando ele de fora!), depois seguimos para o hospital.
      Assim que chegamos eu dei meus dados e falei que tinha consulta marcada, eu dei meu plano de saúde, que era aceito naquele hospital particular, e depois aguardei o médico me chamar.

Cait: Você quer que eu entre com você?
Clair: Não, tudo bem! Eu vou sozinha! Mas obrigada, Cait!
Cait: Você sabe que sempre pode contar comigo.
Clair: Sim, eu sei.

      Assim que eu disse isso o médico me chamou. Eu respirei fund, me levantei e fui até o seu escritório. Eu me sentei e respirei fundo novamente. Eu estava meio nervosa com o que poderia acontecer.
      Eu fiz os exames. O médico me alertou que em menos de 20 minutos os exames estariam prontos. Ele analisaria e depois me chamaria novamente. Eu em seguida sai e fui me sentar novamente ao lado da Cait.

Cait: Como foi?
Clair: Eu fiz os exames, agora só tenho que aguardar mais ou menos 20 minutos para saber o resultado. (eu olhei para ela nervosa) Cait, eu to com medo.
Cait (me abraçando): Não devemos pensar isso agora Clair! Temos que ser positivas.
Clair: Claro!

      Passaram-se os 20 minutos e eu fui chamada de novo. Novamente respirei fundo e entrei no escritório. Dessa vez percebi que o médico estava sério. Ele parecia preocupado. Respirei fundo de novo. "Ser positiva", pensei. Me sentei e o médico me olhou com a mesma cara de preocupação.

Médico: Eu não como te dizer senhorita. (ele massageou os olhos) Infelizmente, seu caso é grave. De acordo com o que dissera naquele dia, você tem trauma por algum acidente, ou algo do tipo, estou certo?
Clair: Sim, está!
Médico: Bom... o que você tem é que sempre que acontece algo que envolva algum sentimento que você teve naquele momento, como raiva ou dor por perda de algo ou até mesmo se algum "namorado" a trair, algo do tipo, seu coração para de bater por um tempo, e depois vai voltando lentamente. Fazendo com que sua pulsação fique fraca e com que desmaie. Se isso acontecer com frequência senhorita, ou se acontecer com mais gravidez do que supomos, a senhora pode...

      Ele não precisou continuar. Eu havia compreendido. Meu maior temor se concretizou. Ele percebeu que eu havia compreendido e então não continuou o que ia dizer.

Médico: Sinto muito senhorita, mas se pudéssemos fazer algo por você estaríamos fazendo. O que acontece é que não sabemos como lidar com algo desse porte.
Clair: Tudo bem, obrigada mesmo assim doutor.

      Eu saí da sala em estado de choque, eu vi a Cait e não consegui mais aguentar as lágrimas. Eu me ajoelhei ali mesmo onde estava e pus-me a chorar. Cait logo veio correndo para me abraçar. Percebi que ela também chorava. O meu pior pesadelo depois daquele dia no hospital havia realizado. Como eu faria a partir de agora? Como eu poderia deixar minha família e meus amigos dessa forma? Como eu contaria para eles? Eu não contarei ao Justin, ele não precisa saber nada disso. Apesar de estar com raiva dele, eu o amo e se eu poderei morrer a qualquer momento eu devo perdoá-lo, sinto que já deveria tê-lo feito, mas agora eu tinha um motivo.
      Depois de chorar mais um pouco Cait e eu nos levantamos e fomos até o carro. Não precisava pagar, pois meu convênio médico o fizera. No carro, não falamos nada uma com a outra, só podia-se ouvir os nossos soluços de choro e nada mais. Um silêncio absoluto, pois não conseguíamos falar uma com a outra. Miley sabia que estávamos indo para a consulta e sabia que ela não diria á ninguém.
      Chegamos na casa da Cait. Entramos, nossos olhos estavam vermelhos de tanto chorar. Assim que fechamos a porta, muitos olhares se dirigiram á nós, percebi que Peter estava ali. Percebi que Miley começou a chorar também ao nos ver nesse estado. Peter, Justin, Demi,Chris e Ryan estavam preocupados. Percebi que o Chris ia fazer uma pergunta, mas eu o interrompi. Mais lágrimas teimosas insistiram em cair. Eu não aguentei e subi correndo pro quarto da Cait. Miley e Cait estavam chorando muito. Depois elas e Demi me seguiram até o quarto. Ouvi um estrondo vindo lá de baixo, mas eu não liguei. As meninas me abraçaram com força, incluindo Demi que não sabia da história. Depois de limpar algumas lágrimas eu contei á ela o porque e ela também começou a chorar.


**Ryan narrando**

(...)


      E aí meninas? Como vão vocês? Eu vou postar aqui agora somente na segunta, quarta e sexta. Aviso que estou moderando uma #IB no blog da Belle: http://imaginebelebieberjb.blogspot.com/ O nome da #IB é "You'll be in my heart always". Espero que estejam gostando dessa #IB! E me desculpem pelo BIG drama. Acontece que foi assim que eu sonhei e eu não vou mudar nada. Estou feliz por ter 6 seguidoras! =) Minha meta agora é 10. Sei que é pouco mas devemos começar assim, não! ;)

   Beijinhos amores! E espero que gostem do capítulo! =)
   Clara
   @JB10Lovehim

Um comentário:

  1. parabens o blog é PERFEITO, a história tbm é PERFEITA...
    eu estou ansiosa pra ler o restante da história,eu chorei muito quando eu li o cap.21.

    ass:karen.sz..
    bjus xauu

    ResponderExcluir

O que acham que vai acontecer?
Expressem opiniões sinceras, por favor!
Estão Gostando?