11 de jan de 2013

Capítulo 3 - Primeiro treinamento

      Jantei junto com Percy e antes de terminar a comida demos o restante aos deuses. Eu não sabia a quem mandar a oferenda, então mandei a todos os deuses, sejam eles olimpianos ou não. Descobri que a "monitora" de Afrodite, que brigou com Drew aquela hora, era Piper. Ela veio até mim para pedir desculpas pelo "incidente" com sua meia-irmã e eu disse que tudo bem.
      Depois de jantarmos fomos para a fogueira. Eu me sentei na frente, pois eu ainda não tinha um chalé. Que eu me lembre, quem não tinha um pai devia ficar no chalé de Hermes, mas não sei se isso mudou desde depois de os deuses prometerem sempre reclamar seus filhos. Percy se sentou ao lado de Annabeth. Todos os filhos de Apolo estavam no centro, alguns com instrumentos em mãos, então eles começaram a cantar. Todos os campistas cantavam junto deles. Bía e Derek cantavam super bem. Quando chegou a última música, Bía me puxou para o centro onde os filhos de Apolo estavam e pediu que eu cantasse com ela, pois aquela música era a que ela me ensinou.

      - Não, eu não sei cantar! - eu disse.
      - Vamos, Mai! E para de mentir, porque você canta sim, e muito. - disse Bía.
      - Tá bom!

      Começaram a tocar, ela cantou a primeira parte e logo em seguida eu comecei, a música tinha a minha voz, a da Bía e a de Derek. Fiquei feliz em estar cantando com eles. Depois de cantarmos todos nos aplaudiram de pé, menos os filhos de Ares. Depois dessa música, todos foram mandados para seus chalés. Eu fui andando lentamente, pois ainda não sabia onde iria ficar.
      Quíron surgiu do meu lado dizendo que eu dormiria no chalé de Hermes e que amanhã iria treinar sozinha com um tutor, só que eu não sabia quem era. Fui até o chalé de Hermes e bati na porta. Quíron pediu que eu me afastasse um pouco e assim que o fiz, dois meninos de uns 18/19 anos abriram a porta e um balde com água caiu sobre eles. Tinha tanta água que até Quíron se molhou um pouco, mas ele estava um pouco mais a frente que eu, então eu saí ilesa! Um deles entrou e começou a brigar com os meninos, o outro veio até Quíron e perguntou:

      - Em que posso ajudá-lo, Quíron?
      - Esta é Maia e ela ficará aqui com vocês até ser reclamada. - disse Quíron.
      - Olá, Maia! Me chamo Connor Stoll. - ele disse, beijando minha mão. - Seja bem-vinda ao chalé de Hermes!
      - Obrigada! - eu disse.
      - Venha! Vou te mostrar onde você vai ficar. - ele disse, estendendo a mão para mim.

      Segurei em sua mão e entramos no chalé. Haviam muitos campistas. Eles já se organizavam para dormir. Havia uma cama vazia e acho que ela estava reservada pra mim. Só acho!

      - Travis! Foi você que reservou aquela cama pra Maia? - perguntou Connor, assim que o encontramos.
      - Foi sim! - disse Travis. - E você deve ser Maia, não é? - eu assenti. - Eu sou Travis Stoll, e estou ao seu dispor!

      Alguns meninos riram da rima dele, eu segurei o riso assim como Connor. Depois eu fui até a "minha" cama e, quando eu fui me deitar, eu vi uma menininha sentada no chão, dentro de um saco de dormir. Fui em sua direção e perguntei:

      - Oi, o que faz aqui no chão? Você não tem cama?
      - Travis pediu que eu dormisse no chão para que você pudesse dormir na cama. - disse a menina, ela devia ter uns nove anos. - E eu faço tudo que o irmão pede, porque ele me protege sempre.
      - Pode dormir na cama. - eu disse. - Eu insisto.
      - Tá bom! - ela se levantou e foi até a cama. Eu fui junto e a cobri.
      - Como se chama?
      - Jennifer, mas pode me chamar de Jenn! E você?
      - Maia.
      - Você é minha irmã? Como os outros do chalé?
      - Não sei. Ainda não sei quem é meu pai. - eu disse, escondendo um pouco a tristeza. - Vamos dormir? - ela assentiu e eu sorri. - Boa noite, Jenn! - me levantei.
      - Boa noite, Mai! - ela disse e fechou os olhos.

      Fui até o saco de dormir e me deitei. Fitei o teto do chalé por um tempo e fiquei pensando em minha família. Jennifer me lembrou Katerine aos nove anos. E ao colocá-la na cama me lembrei de Jackson. Uma lágrima percorreu meu rosto e eu a sequei, logo em seguida meus olhos se fecharam e eu adormeci.

**

      Acordei eram 05h30, costume de acordar cedo. Me levantei, enrolei o saco de dormir e fiquei olhando o sol nascer às 6h pela janela. Senti alguém do meu lado e vi que era Connor. Então esse é o namoradinho da Bía. Ele até que é bonito, a Bía tem bom gosto. Connor se apoiou ao meu lado na janela.

      - Acordada a muito tempo? - perguntou Connor.
      - Só faz meia hora. - eu disse. - To acostumada a acordar cedo. E to um pouco anciosa.
      - Por que?
      - Quíron disse que eu vou treinar hoje, sozinha.
      - Hum... você não poderá treinar com essa roupa. - disse Connor, me olhando de cima a baixo.
      - Eu sei. - eu ri. - Eu vou arrumar uma roupa com a Bía.
      - Você conhece a Bía a muito tempo?
      - Desde os quatro anos. Só que eu me mudei aos sete anos pro Brasil, mas sempre conversei com ela pelo computador.
      - Hum...

      Ficamos conversando por um tempo, até que todos os campistas já haviam acordado e a trompa soou indicando que o café estava pronto.

**

      Depois do café da manhã, Bía me emprestou um de seus jeans e um par de tênis e Quíron me forneceu uma camiseta do acampamento. Tomei um banho, vesti a roupa e fui para a arena. Cheguei lá e pude observar o final do treinamento dos filhos de Afrodite. Assim que passou por mim, Drew fechou a cara. Piper veio até mim e me disse um "Boa sorte!". Agradeci e entrei na arena. Já era para o meu treinador estar aqui. Peguei uma das espadas do arsenal e quase a deixei cair por conta de seu peso. Fui segurando cada uma, até que eu achei uma nem tão leve e nem tão pesada. Sua lâmina não era nem muito grande e nem muito pequena.
      Haviam alguns bonecos "em pé" na minha frente. Peguei minha espada e comecei a "lutar" com eles. Acho que não estava fazendo isso direito, mas meu treinador não está aqui para me dizer o que fazer. Ouvi alguém pigarrear, olhei para trás e um menino alto, loiro, de olhos azuis estava parado na entrada da arena. Ele era MUITO lindo. Ele veio em minha direção, me rondou e depois disse:

      - Você está segurando a espada de forma errada, seus golpes estão tortos e sua movimentação está errada. - ele disse, me criticando. - Mas boa escolha de espada, você escolheu a certa pra você.
      - Quem você pensa que é pra me criticar? - perguntei, um pouco indignada.
      - Me chamo Eric e serei seu treinador, Maia. - ele disse escolhendo uma espada.

      Ele pegou a mais pesada com uma facilidade que, meus deuses! Ele é MUITO forte. Pela sua camiseta dava para ver os músculos bem definidos. Meus deuses, acho que estou babando. Ele veio em minha direção e disse:

      - Vamos ajustar sua posição. Você é destra ou canhota?
      - Destra! - respondi. Por fora eu estava séria, mas por dentro? Eu SURTAVA.
      - Então, perna esquerda na frente e direita atrás e deixe seus braços dessa forma. - ele me colocou na posição que ele queria, depois se posicionou na minha frente e começou a lutar comigo.

      Ele quase me acertara duas vezes, até que sua espada ficou parada em frente ao meu peito e minha espada em sua mão esquerda. Seus movimentos tinham sido muito rápidos! Afinal de que deus ele é filho? Eu estava no chão e ele soltou um "Mole!", retirando a espada de meu peito.

      - Ahm, espera um pouco. - eu disse, depois de me levantar. - Você é filho de que deus, mesmo?
      - Filho de Ares. - ele respondeu.
      - Ah! - eu disse, surpresa. - Eu... vou ali... e... já volto. - corri um pouco em direção a saída.
      - Qual é, Maia! Só porque sou filho do deus da guerra? Eu fui o ÚNICO que quis treinar você.
      - Como assim? - perguntei, me virando pra ele.
      - Dos que sabem manusear bem uma espada, nós filhos de Ares somos os mais qualificados para o trabalho de treinador. Quíron veio até nós e perguntou quem gostaria de te treinar e eu fui o único a me voluntariar, pois os outros querem distância de você.
      - E por que se voluntariou?
      - Porque eu não teria nada pra fazer e adoro ir contra meus irmãos. Venho reparado em você desde que chegou e será uma aventura treinar você. Percy e Bía não gostaram muito da ideia, mas os assegurei de que não te mataria enquanto te treinava. - ele apontou o cabo de minha espada para mim. - Agora venha, vamos treinar.

      Andei em sua direção, peguei o cabo de minha espada, olhei para ele e começamos a lutar de novo. Enquanto lutávamos, ele me dizia o que eu tinha que fazer. Ficamos por mais meia hora naquilo e depois paramos e fomos guardar as espadas.

      - Por que você às vezes é um pouco rude? - perguntei.
      - Porque eu sou assim! - ele disse.
      - Não parece. Parece que você só é assim porque Ares é seu pai. Mas você não precisa ser assim. - eu disse, enquanto íamos em direção a saída.
      - Eu sou assim e ponto!
      - Pelo menos você pode ser você mesmo comigo!

      Paramos e ele me olhou, como se tentasse entender o motivo de eu estar falando disso. Ele revirou os olhos e olhou pro lado, ele estava pensativo. Seu olhar voltou pra mim e ele disse:

      - Por que quer saber disso?
      - Porque quero me tornar sua amiga, pois parece que você não tem nenhum amigo.
      - Tá bom, serei menos rude com você, mas somente quando estivermos sozinhos ou durante o treino. Fora isso, será como te tratei antes.
      - Tudo bem, Eric. Como quiser! - eu disse, sorrindo com minha vitória.

      Saímos da arena e Bía me chamou. Ela disse que queria ver se Eric não tinha me ferido nem nada do tipo. Eu disse que estava tudo bem e ela relaxou um pouco. Depois ela me levou para a minha primeira aula de arco e flecha.




Continua...





Oooi, mesninas lindas!!! =D
Hoje estou feliz!! \o/ haha =D se der posto até o quarto capítulo dessa IB hoje mesmo!! \o/
Hoje também é niver da minha maninha linda!!! \o/ e da minha tia avó!! \o/ 
Gente, você viram o design novo do blog??? *-* Não tá muito DIVO??? *O* 
Foi a Beeeelle gatinha linda que arrumou ele assim!!!! >.< 
Bom, vou responder aos comentários de vocês.

Respondendo os comentários das lindas:
@ibiebsmoment - continuei, linda!! =D
Bia Vilches - CONTINUEI CRIATURA! kkk
@thamy_belieber_ - kkkkkk =D você vai descobrir em breve... haha
♥ Victoria Velloso ♥ - haha >.< obg amore! e continuei!! =D

CONTINUA COM 3 COMENTÁRIOS!
Beijinhos recheados de SWAG pra vocês!!! =*
Isa e @ClaraVeras

P.S.: Eu assino Isa e @ClaraVeras porque nós duas que estamos escrevendo essa história, mas sou sempre eu (Clara) que escrevo os recadinhos e respondo os comentários, ok?? =D

3 comentários:

  1. achei esse capitulo muito divo
    nossa o eric é uma gato e juro adoro gatos rudes , parece até mais interençante kkk k-o
    bem espero que vc continue logo
    pq eu quero sabe o que vai acontecer nessa aulade arco e flecha
    e como vc vai postar hj mesmo , vou esperar
    haha
    bjs

    ResponderExcluir
  2. OMB!!! CLARA, VOCÊ É A MELHOR ESCRITORA DE TODAS!!
    CONTINUA, PQ ESSA HISTORIA TA SIMPLESMENTE PERFEITA!! *-*
    BEIJOS!
    RAYSSA

    ResponderExcluir
  3. OMG!!! eu to surtando aki!
    continua linda, to amando seu imagine!

    ResponderExcluir

O que acham que vai acontecer?
Expressem opiniões sinceras, por favor!
Estão Gostando?