11 de dez de 2011

Once Upon a Dream - Capítulo 9

*Anteriormente*
       Ele entrou e eu pedi para que ele se sentasse no sofá e fiz o mesmo com Peter atrás de mim. Ele também queria saber do que se tratava, que maninho curioso.

Justin: (...)


Justin: Bom, eu terminei com a Selena.
Clair (surpresa): Por quê?
Justin: Porque eu descobri que ela entrou em um dos lugares que eu nunca deixei alguém entrar e acabou com uma das minhas camisas que são únicas!
Clair: Deixa eu adivinhar, a autografada pelo Michael Jordan?
Justin: É! Mas como você sabe?
Clair: O Ryan foi com você ver o jogo e tem uma também! ;) Mas você terminou com ela só por isso?
Justin: Não, ela tava lá em casa e enquanto eu fui no meu quarto pegar uma coisa pra ela na cozinha ela ficou gritando com meus irmãos. A Jazzy e o Jaxon tavam até chorando. Eu só ouvi ela falar: "Seu irmão é meu agora e nunca mais vai dar atenção á vocês", como se ela pudesse me obrigar a fazer isso.
Clair: Dessa vez ela passou dos limites. E tadinhos da Jazzy e do Jaxon! (olhei pra ele) Mas foi só isso que veio me falar?
Justin: Na verdade não. Eu queria que vocês fossem comigo e o pessoal jantar fora pra comemorar seu aniversário.
Clair: Tudo bem. Que horas?
Justin: Eu passo aqui ás 19:00 pra pegar vocês, ok?
Clair&Peter: Ok!

       Justin sorriu e disse que tinha que ir, pois sua mãe precisava ir no mercado e tinha que cuidar da Jazzy e do Jaxon. Se despediram e eu me sentei no sofá, lofo Peter se juntou a mim e eu me deitei com a cabeça em seu colo. Ele começou a acariciar meus longos cabelos ondulados. Eu estava pensativa, e o Peter percebeu.

Peter (em português): Clarinha, o que foi?
Clair: Nada, Pedro. Estou só pensativa.
Peter: Não gosto de te ver assim. É pelo ocorrido hoje?
Clair: Falando sério, não. É sobre a noite do incidente.
Peter: Quer falar sobre isso?
Clair: Na verdade quero sim. Eu estava pensando, o que teria acontecido se naquela noite tivesse sido eu, e não ele.
Peter: Não fique pensando nisso. O bom é que você está aqui comigo, com a Cait, a Miley...
Clair: Eu sei, mas o que mais me incomoda é que, se eu não tivesse ficado parada, ele não precisaria ter me salvado.
Peter: Mas não foi isso que aconteceu. São 14:30. Você quer ir ver?
Clair (me levantando): Quero sim. A gente chama um táxi, ou eu pergunto pra mamãe se eu posso dirigir o carro dela?
Peter: O que você achar melhor.
Clair: Vou pedir pra mamãe o carro então. Gasto menos dinheiro.
Peter: É!

       Fui falar com a mamãe e ela deixou eu pegar seu carro emprestado. Eu chamei o Peter e nós fomos pra garagem. Entramos no carro: 
       Eu me sentei no banco do motorista e ele ao meu lado. Abri a garagem e lá fomos nós, não me preocupei com o portão, pois ele fechava sozinho. Parei primeiramente em uma floricultura. Comprei uns lírios e voltei pro carro. Peter ficou o tempo todo segurando as flores. Logo em seguida chegamos ao cemitério. Ele me entregou as flores e descemos do carro. Fomos andando pelo cemitério até chegar em um dos túmulos, mas na verdade não era bem um túmulo, era apenas uma plaquinha e um montinho de terra que eu, Ryan e Peter fizemos á 3 anos. Mas foi porque nosso amigo estava enterrado no Brasil.
       Chegamos no local e eu coloquei as flores lá. Uma lágrima percorreu meu rosto. Na plaquinha estava escrito em português: "Diego, um amado amigo e irmão". Para mim ele fora mais do que isso. Comecei a chorar e Peter me abraçou. Ele não era tão próximo do Diego quanto eu e o Ryan.

Clair (me soltando de Peter): Oi, Diego! É sou eu de novo. Sempre venho te visitar nesse dia, meu aniversário. Eu sempre me pergunto porque você fez aquilo naquela noite. Era pra ter sido eu e não você. Eu acho que hoje eu descobri, depois de refletir muito eu pude entender. (me ajoelhei no chão) Você fez isso porque me amava. E eu teria feito o mesmo por você. Se eu não tivesse ficado parada enquanto o carro se aproximando, você ainda estaria aqui e eu seria a sua namorada até hoje. Eu te amo! (comecei a chorar muito)

       Peter se aproximou de mim e me abraçou forte e eu retribui o abraço. Ele limpou minhas lágrimas e disse:

Peter: Vem Clarinha, vamos pra casa!

       Nos levantamos e lá fomos nós em direção ao carro. Enxuguei o resto das lágrimas que caíram e comecei a dirigir. Peter não disse nada, o que foi uma boa ideia, porque ele sabe que sempre que a gente ia pra lá não era bom ele falar comigo durante o caminho no carro. Ao passar pela casa do Justin eu vi ele brincando com os irmãozinhos dele. Ele me viu dirigindo o carro e sorriu pra mim, mas ele percebeu que eu havia chorado e desmanchou um pouco o sorriso. Eu me virei e olhei pra frente e logo parei na frente da garagem de casa. Abri o portão e entrei com o carro. Já eram 17:30. 
      Eu sai do carro e fui na direção do meu quarto. Fui pro banheiro e tomei um banho relaxante de 10 minutos na minha banheira. Eu precisava daquilo. Depois eu liguei o chuveiro e tirei toda a espuma do meu corpo. Saí e já eram 18:00. Entrei em meu closet e fui procurar um vestido. Depois de achar fui procurar os sapatos. Peguei-os e coloquei-os em cima da minha cama. Voltei ao banheiro, arrumei meu cabelo e fiz um leve make. Depois me vesti assim:
(roupa Clair)

(make Clair)


(cabelo Clair)

   Me olhei no espelho, eu estava bonita, nem parecia ser eu mesma. Me senti bem, ia sair com meus amigos para comemorar o meu aniversário. Eu sorri, peguei minha bolsa e desci. Peter já estava me esperando na sala. Meu irmão estava bonito. Ele me viu e assobiou.

Clair (em português): Pare seu bobo! (rindo)

      A campainha tocou e o Peter foi atender. Era o Justin, como eu supus. Peter me chamou, avisei meus pais que ia sair e fui em direção á porta. Quando Justin me viu ele ficou assim ---> *O*

Clair: Justin, fecha a boca se não entra mosquito.
Justin (despertando): Ah! Desculpa! Você está linda! Vamos o pessoal está no carro.

      Fomos em direção ao carro...





Consegui postar! o/ Como acham que vai ser a noite dela?? ;)
Beijinhos!
      Clara
      @JB10Lovehim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que acham que vai acontecer?
Expressem opiniões sinceras, por favor!
Estão Gostando?